Ana Alarcon – Topo

Todo funcionário quer estar numa empresa assim

Por Altamir Lopes

Foto: Pixabay

Foto: Pixabay

Depois da publicação de “Toda empresa quer um funcionário assim”, eu não poderia deixar de trazer à tona o outro lado da moeda. Por isso, aqui vão as reflexões – tanto para os empresários, quanto para os empregados…

Nota: As próximas linhas abordarão uma visão profissional com foco no ambiente empresarial, social e cultural específico e dentro do viés humanista. Além disso, se tomará em conta no artigo a premissa de que o funcionário do título do artigo em questão prima pelos valores citados no artigo anterior.

Você que é proprietário, sócio ou diretor de uma empresa está afogado nas centenas preocupações e responsabilidades que as cinco forças de Porter  convergem em direção ao seu empreendimento. Isso é fato.

Mas tal qual um comandante em campo de batalha, não é somente o potencial bélico dos seus inimigos e nem tão somente o seu próprio paiol que vão determinar o final dessa guerra pela sobrevivência. O segredo estratégico está na captação, treinamento e capacidade de retenção de seus combatentes – a sua equipe.

Um homem motivado vale mais do que o que parece estar bem preparado mas sem motivação. E uma equipe motivada é o fundamento de uma empresa sólida.

Assim, pense nos cinco princípios fundamentais que ajudarão a captar, treinar e reter os melhores profissionais para sua empresa:

1 – Tenha uma filosofia sólida, com missão, visão e valores bem definidos. Apegue-se a eles. Defenda-os. Pratique-os: Os funcionários tendem a acreditar nas empresas que tem princípios e se apegam a eles.

2 – Aprenda a arte do processo de recrutamento e seleção. Seja profissional, coerente e visionário ao recrutar: Os grandes profissionais estarão avaliando a empresa tanto quanto a empresa o avalia no momento do recrutamento. Não aja de forma amadora. Na dúvida, contrate um profissional de recrutamento experiente e que entenda plenamente o conceito filosófico de sua empresa.

3 – Tenha um projeto bem definido de crescimento na empresa: Não adianta perguntar a um funcionário aonde ele quer chegar na sua empresa se você não possui, no mínimo, um Plano de Cargos e Salários bem feito.

4 – Honre sua palavra, sempre: Não somente nos âmbitos legal, trabalhista e financeiro, que são os básicos, mas também no relacionamento diário, inclusive primando pela boa e clara arte da comunicação. Não é possível que um profissional de verdade permaneça muito tempo num ambiente onde as promessas não são cumpridas.

5 – Treine, treine e treine sua equipe: Se achar caro o investimento em treinamento, medite em quanto a ignorância e a desinformação no âmbito empresarial custaria ainda mais caro. Funcionários que são realmente bons no que fazem normalmente querem ficar melhores. Faça isso por eles.

É claro que esses são passos básicos. Mas acredite: Não são nada fáceis de atingir. Quer saber por onde começar? Entre em contato com a gente.

E aí? O que acharam dessas dicas? Comente aqui mesmo em nossa página ou envie um e-mail para altamirlopes@folharj.com.br ! Será um prazer responder a sua pergunta! Grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *