21 Dias – Topo

Conheça a história de uma das maiores distribuidoras de suplementos

Por MF Press Global

Reprodução/Instagram

Reprodução/Instagram

A Mundo Maromba Suplementos se tornou uma referência em produtos de nutrição esportiva e em poucos anos alcançou o patamar de a maior distribuidora do Rio de Janeiro e uma das maiores do Brasil, mas poucos conhecem a trajetória do empresário e CEO Daniel Cohen que o fez chegar até aqui.

Daniel Cohen aos 17 anos foi morar em Israel, para tentar a vida como jogador de futebol em 2009 na Terra Santa, e em menos de 2 meses já era uma aposta promissora por vários clubes. No entanto, durante um jogo amistoso foi lesionado seriamente, quando um adversário o atingiu e ele quebrou a perna, fraturando a tíbia ao meio.

O osso foi 100 % quebrado e a lesão foi muito severa, levando-o a ficar 7 dias internado sobre observação e três meses em cadeira de rodas, com fortes dores. Mas o trágico momento, que significou o fim de uma carreira como jogador profissional, foi na verdade o início de sua carreira como empreendedor.

Daniel Cohen. (Reprodução / MF Press Global)

Depois de perder a chance de se tornar jogador,  Daniel se recorda de quando a casa que ele morava com outros brasileiros, no meio de uma reserva florestal no monte Carmelo sofreu o pior incêndio da história de Israel: “tive de abandonar a casa correndo, a casa foi incendiado e nós perdemos tudo, a casa foi 100% queimada, tudo que pudemos levar foi uma mochila com poucas roupas. Felizmente pudemos contar com a sensibilidade do país, recebendo doações de roupas e o oferecimento de estadia pra nós por uns dias em um hotel.

Mesmo assim, por ser judeu, Daniel decidiu ficar na Terra Santa por mais um tempo para se aprofundar no judaísmo, frequentando uma Yeshiva (escola de judaísmo) e para ganhar experiência de vida, trabalhando como podia no país. Ele trabalhou como segurança em festas, estádios de futebol, descarregando caminhões: “mas o que mais rendia era trabalhar com limpeza, então com a ajuda de uma amiga comecei a trabalhar em casas de luxos como faxineiro. Aprendi muito em Israel”.

O Início da Mundo Maromba Suplementos

Acostumado a ter um corpo atlético em virtude da prática desportiva, Daniel assustou-se ao perceber que após três meses parado para se recuperar da lesão, havia saltado de 69Kg para 82Kg e se sentiu incomodado, e por isso resolveu investir na musculação e na suplementação. Era o início da Mundo Maromba Suplementos. Depois de um tempo os resultados eram visíveis e Daniel não apenas havia recuperado a boa forma, mas ganhou massa muscular. Dai surgiu o seu amor pela musculação e pelo fisiculturismo.

CT logistico mundo maromba. (Reprodução / MF Press Global)

No entanto, apesar de estar vivendo em Israel e crescendo em conhecimento, precisou voltar para o Brasil para realizar uma cirurgia de cálculo renal, que no país era muito cara e delicada.
Após a retirada do cálculo renal, decidiu ficar no Brasil e  começou a faculdade de direito, mas ainda apaixonado pela musculação.

Até que então surge uma possibilidade de unir o seu amor pelo esporte com a possibilidade de fazer dinheiro à partir disso. Daniel conheceu um revendedor de suplementos e viu ali a oportunidade de revender também. No entanto, como não tinha capital, negociou com esse amigo que ele juntaria os pedidos, buscaria na casa do fornecedor, e ao receber o dinheiro, depositária pra ele. E assim começou a empreender e a sua história de sucesso: “eu tinha lucros de 15 a 20 Reais apenas por produto, mas já era um começo. Eu fazia toda a correria de ônibus, bicicleta e a pé”.

Crise Familiar

Com o crescimento do negócio, Daniel Cohen precisou abandonar a faculdade de direito para dar conta das vendas, o que gerou uma crise familiar. Mesmo sem apoio da família, que acreditava que o melhor pra ele era a faculdade e que o ramo de suplementação não daria futuro, e que os produtos só teriam procura no verão. Após uma acalorada discussão com o seu pai, Daniel saiu de casa. Sem ter para aonde ir, passou 7 dias vivendo nas ruas: “Tive um grande embate com o meu pai, por causa de ter abandonado a faculdade para investir no meu próprio negócio. Na época ele não entendia e eu percebo o motivo. Ele só queria o melhor para mim e na visão dele isto só era possível com a faculdade. Brigamos feio e eu fiquei na rua, vivendo 7 dias em um posto de gasolina abandonado. Até que um tio meu soube e me disse para morar lá com ele. Passei um tempo com o meu tio e depois com a minha avó e isso foi importante pra que eu alcançasse os meus objetivos”.

Expansão dos negócios

Daniel foi um dos pioneiros em investir na rede social como estratégia para alcançar clientes e fazer vendas com entrega em domicílio, o que colaborou para que os negócios se expandiram rapidamente: “ hoje entendo que não era por mal. Eles queriam o melhor pra mim, o normal do brasileiro é achar que o melhor é ter uma faculdade, mas nem todos nasceram pra trilhar esse caminho. Eu nasci pra ser a ovelha negra e fazer diferente, hoje meu pai e toda minha família se orgulham de mim, hoje 3 primos trabalham comigo e posso ajudá-los, tudo teve um porque. Era pra ter sido assim”.

Daniel no CT Logistico. (Reprodução / MF Press Global)

Daniel seguiu trilhando esse caminho e foi ampliando a empresa. Começou a vender no atacado além de varejo, e hoje após 8 anos, é o proprietário de uma das marcas mais consagradas e respeitadas do ramo, sendo uma das principais distribuidoras do Brasil no atacado, com mais de 30 funcionários, 5 lojas e uma distribuidora de 1 mil metros quadrado: “um empreendedor tem que assumir riscos e acreditar mais em si do que qualquer outra coisa. Se for ouvir alguém, ouça alguém que já trilhou o caminho que você quer trilhar, senão, não escute. Muitos virão pra falar que não vai dar certo, pois as pessoas são 90 % pessimistas e por isso não evoluem. Eu acredito em mim e na minha fé em Deus, que é inabalável. Ele sempre vai querer o melhor pros seus filhos”.

O Segredo

Daniel Cohen revela que existe algo que pode ser considerado o seu segredo para o sucesso: “um segredo é de não trabalhar pelo dinheiro. Eu todas as noites pedia a Deus que iluminasse minhas escolhas, que eu queria o sucesso perante meu esforço, e se o dinheiro é a recompensa eu quero sim, mas pra poder ajudar mais gente, minha família, amigos e os que eu puder ajudar. O dinheiro nunca pode ser a sua meta e sim a consequência do sucesso, proveniente do teu trabalho”.

Ação Social

Devido a esta visão de amor ao próximo e de partilha, nessa semana o Mundo Maromba Suplementos fechou uma parceria com o instituto Casa Ronald McDonald que ajuda mais de 50 crianças com câncer no Rio de Janeiro. As lojas físicas do Mundo Maromba se tornaram pontos para doações de roupas e alimentos. Para impulsionar a causa, os clientes que contribuem para a Casa Ronald McDonald tem descontos nos produtos: “devido às dificuldades que passei na vida sempre procuro me preocupar com o próximo e ajudar ao próximo. De 15 em 15 dias vamos proporcionar àquelas crianças atividade recreativas dentro da instituição, com a intenção de tirar da cabeça das crianças por alguns momentos o pensamento de que estão doentes, e sim, proporcionar los momentos de alegria e felicidade”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *