Ana Alarcon – Topo

Dr Gustavo Issas referência em renovação de próteses dentárias antigas

Por MF Press Global

Hoje existem muitas opções e fabricantes de implantes no mercado, o que dificulta a identificação correta de implantes mais antigos na hora de realizar reparos ou renovação, o que faz com que muitos especialistas não consigam identificar a marca e modelo corretamente, tendo que apelar para a solução protética, que é mais demorada e pode não atender às expectativas do paciente.

Com pós graduação em implantes e 30 anos de experiência de atuação na área, o Dr. Gustavo Issas se tornou referência ao criar método inovador e exclusivo de reabilitação de próteses e implantes antigos: “Nós temos contatos com várias empresas que nos fornecem todos os componentes necessários para trocar as próteses antigas, sem que seja preciso remover os implantes antigos, o que é muito traumático para os pacientes. As próteses precisam de limpeza, manutenção e acompanhamento. Alguns pacientes acham que é pra vida toda, que por ser titânio não precisa nem escovar. Além disso, muitos dos que possuem implantes estão insatisfeitas com suas próteses, muitas vezes quebradas ou feias e a estes eu destino meu conhecimento e serviço”.

Dr. Gustavo Issas (Foto: Reprodução)

Sobre o seu método de restauro, o dentista explica como funciona: “o implante é composto por três partes basicamente. A primeira é o implante, que é o parafuso inserido no osso. Depois vem o componente protético que liga o implante ao dente propriamente e por fim a coroa de porcelana. O que ocorre com implantes antigos, que já estão fora de linha, é que muitos dentistas não conhecem esses chamados componentes protéticos e portanto não conseguem renovar as próteses, as coroas. Devido ao fato de que conheço os mais diversos fabricantes, pesquisadores e laboratórios, posso resolver qualquer tipo de prótese sobre implante. O que alguns acabam fazendo é uma prótese de baixa qualidade, ou convencem o paciente a sofrer uma cirurgia para a remoção do implante antigo e outra cirurgia para colocação de outro implante mais moderno. Dessa forma gasta-se mais tempo, dinheiro, e o paciente sofre muito mais”

Dr. Gustavo Issas foi diretor de uma grande rede de clínicas odontológicas focada em implantes, onde dirigia uma equipe de 1200 dentistas, 600 protéticos e 600 auxiliares e mais 600 operadoras de Call center: “realizamos mais de 25 mil atendimentos de implantes e chegamos a fazer mais de 7 mil implantes/mês. Carga imediata, enxerto e implantes zigomáticos e outros casos complexos. A experiência em casos complexos foi gigante e baseado em todo esse conhecimento pude desenvolver meu método, que tem beneficiado a tantas pessoas que precisam renovar implantes antigos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *