Alecs – 1

Voa… Voa, Maria!

Por Katia Nascimento

foto: Divulgação

foto: Divulgação

Camila Silva é uma inspiração, uma mulher que convence! É jornalista, possui MBA em gestão empresarial e extensão em economia, pratica pole dance (esporte que trabalha a autoestima e a força da mulher) e Yoga.

Quando eu conheci a Camila, logo me apaixonei por seu entusiasmo e força (adoro mulheres fortes! Me representam.). Enxerguei nos olhos dela todo o desejo de quem quer promover mudança, de quem quer fazer a diferença. O que mais me encanta é que ela não quer fazer a diferença sozinha, ela quer levar todas as mulheres do mundo com ela.

Assim, nada mais justo que ter esta mulher que convence o mundo todos os dias a voar mais e melhor, aqui na nossa coluna.

Camila conta que fez jornalismo porque queria salvar o mundo e criar um impacto social a partir da informação, e gerar oportunidades a partir de projetos de desenvolvimento, e se frustrou muito ao perceber que os veículos tradicionais de comunicação não tinham o engajamento nestas causas como ela gostaria.

Com esta sensação de falta de pertencimento, ela decidiu criar um novo canal, algo que a representasse e que gerasse o valor que tanto sonhava no mundo. Assim nasceu o Voa, Maria!

Voa, Maria é uma plataforma multicanal que tem como proposta produzir conteúdo para que as mulheres empreendam mais e melhor. Nasceu em outubro de 2015. No mês passado, o canal completou 3 anos.

Parabéns, Voa, Maria!

Parabéns, Camila!

Parabéns às colunistas deste canal lindo que hoje já somos mais de 30 (Digo somos, porque eu também sou colunista deste canal, desde 2016).

A ideia do canal surgiu na época em que ela  ia a eventos de empreendedorismo a fim de oferecer seus serviços de comunicação para as empreendedoras, e percebeu que as participantes além de serem muito “cruas” e sem informação básica sobre negócio, ainda não tinham poder aquisitivo e nem um negócio mais estruturado e / ou consolidado a ponto de terem um serviço de comunicação. Além disso, realizou um Benchmarking e observou questões importantes.

O benchmarking é realizado através de pesquisas para comparar as ações de cada empresa. É um processo de comparação de produtos, serviços e práticas empresariais, sendo um importante instrumento de gestão das empresas.

Neste processo, foi observado que a maioria dos veículos falavam de negócios de homens. Negócios estes voltados para milhões de reais e pautados na resolução de problemas e tomadas de decisão de uma forma muito agressiva. Não há nada de errado em sermos agressivas nas nossas decisões e na maneira que resolvermos os problemas, mas os negócios de mulheres possuem outras características. A maioria busca um modelo mais sustentável, e não necessariamente ser rica com seu negócio. Querem algo mais saudável e equilibrado, e na maioria das vezes pautado na qualidade de vida da família.

A microempreendedora é uma mulher de sucesso, mesmo não querendo ser rica com seu negócio. Seu objetivo é ter um excelente faturamento, mas também quer estar perto dos filhos e contribuir assim para uma educação mais próxima e com uma melhor gestão das emoções das crianças. Mas temos também as empreendedoras que fazem parte deste mundo de negócios mais agressivo. Tudo é uma questão de escolha! E aqui a mulher é livre para ser o que ela quiser.

“Sabe, eu acredito de verdade que todo mundo merece de ter sua história contada e ter mais vida!” explica Camila. “No Voa, Maria temos muito conteúdo para ajudar as Marias (como carinhosamente são chamadas as empreendedoras) a crescer como empreendedoras. Vejo propósito, vejo transformação nas pessoas e em mim mesma. Eu fui a primeira Maria do projeto e senti na pele tudo o que a informação bem direcionada pode fazer nas nossas vidas…”.

 Histórias bem contadas fazem muito por nós.

Nos inspiramos, nos apaixonamos e queremos Ser.

Ser mais… Ser tudo… Ser… apenas Ser.

Ser um ser completo e repleto de esplendor e levar todo este brilho para o mundo através dos nossos negócios. São tantas as vozes dizendo que não vamos conseguir, que é difícil e que devemos nos preocupar com a nossa família, que viver do que se ama é uma grande besteira, que não vamos conseguir… que encontrar uma “tribo” que pensa e sente parecido, já faz toda a diferença. E quando esta tribo se conecta e se ajuda, não tem preço.

Voa, Maria é isto!

É uma comunidade que gera informação e fomenta negócios!

Você sabia que 98% dos empreendedores brasileiros ainda estão muito perdidos?

A missão do Voa é inspirar e capacitar as mulheres a serem empreendedoras mais produtivas e com negócios mais lucrativos. Venha se empoderar e através do seu negócio otimizar mudanças  na sua vida e na de todos que a cercam!

O Voa, Maria é hoje o único negócio da Camila. Negócio este com propósito e que leva transformação as vidas das mulheres. Muitas mulheres já se apoiaram no canal e mudaram suas vidas, saindo de situações de risco e abuso, inclusive.

São muitas histórias inspiradoras e muito retorno. Mudando uma pessoa por vez, ela vai vendo todo o seu esforço valer a pena. “Sucesso não é uma coisa pré-concebida. Sucesso se enquadra a partir da realização pessoal, individual, e o que representa esta realização é o preço que as pessoas estão dispostas a pagar […]” observa.

Claro que ela quer ter milhões de reais, e mesmo o voa estando longe disto (sic) ela segue feliz porque vê que as pessoas estão crescendo a partir do que ela escreve. “Eu não quero alcançar os meus objetivos pessoais sozinha… eu quero ver as pessoas prosperando… quero que mais e mais mulheres tenham alcance e mais visibilidade… cansada de ver sempre as mesmas pessoas nos eventos, como se houvesse uma cota de mulheres que podem fazer sucesso […]” explica.

Nós também não, Camila! [risos]

Vamos dominar o mundo mulheres lindas!

Um passo de cada vez, mas com consistência.

Pedi uma citação para a Camila e ela disse que não gosta de citações… tá tudo batido. Mas eu quero fazer uma citação aqui que acho que muito representa a nossa vida de empreendedora e também o Voa:

“Às vezes, a gente tem de ser meio louco mesmo, extremamente obstinado, porque a loucura funciona – desde que exista disciplina, um objetivo muito claro, pé no chão e a humildade de saber que a gente vai errar muito, vai aprender com os erros e continuar.”

Leila Velez, CEO e cofundadora do Instituto Beleza Natural.

Dicas da Camila – Voa, Maria!

  • Estudem. Se capacitem. Invistam em bons cursos. Se empoderem dos processos para empreender.
  • Aprendam a delegar.
  • Olhem e incentivem o trabalho de outras mulheres.
  • Façam parcerias.
  • Valorizem as pequenas e talentosíssimas empreendedoras (Eu vejo meninas pagando 5 mil reais a um guru em eventos lotados sem personalização e não valorizarem um processo de coaching personalizado e totalmente direcionado pela metade do valor).
  • Entrem no Voa e se cadastrem na nossa ferramenta de geolocalização, que é um mecanismo de divulgação para “as meninas”. O cadastro é gratuito.

Acompanhe o Voa, Maria – CLIQUE AQUI.

Segue abaixo duas colunas que escrevi no canal e que pode te ajudar muito nos seus processos de comunicação e assim você aproveita e navega no canal.

Comunicação x Imagem Pessoal 

Comunicação x Empatia

Espero que tenham gostado… Eu amei escrever.

apresentacaofolhakatia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *