Hinode – 1

Bobadilha apresenta programa Educlube para reduzir a evasão escolar no Brasil

Por Edir Lima

Foto: Socorro Araújo

Foto: Socorro Araújo

Preocupado com a evasão escolar no Brasil, com milhões de crianças e adolescentes fora da escola, o deputado Roberto Sales (DEM-RJ) abraçou a solicitação do designer Edelino Bobadilha para a criação do Educlube. O projeto de indicação 5605/2018 cria um sistema no qual os alunos – das redes pública e privada – que mantiverem presença constante e notas satisfatórias, além de participarem de tarefas, concursos e atividades propostas, obterão pontos proporcionais, que serão convertidos em benefícios.

A solicitação foi transformada em indicação parlamentar pelo deputado federal Roberto Sales e apresentada à Mesa da Câmara dos Deputados, em Brasília, no último dia 13 de setembro.

O projeto é fruto de uma iniciativa de Edelino Bobadilha, fundador do Coletivo Brasileiro de Designers, Coletivo Brasileiro de Startups e Startup Tripoli Sistemas.

Edelino Bobadilha explica que os benefícios serão gratuidades, descontos, ofertas e promoções exclusivas na rede de parceiros, como empresas, estabelecimentos comerciais, centros culturais e prestadores de serviços cadastrados neste Clube de Benefícios – o Educlube.

“O Educlube também contará com canais exclusivos – website e aplicativo mobile – tanto para acesso ao Clube de Benefícios, quanto ações de mídia e publicidade segmentada, dando visibilidade, com responsabilidade social, às empresas que apoiam a educação”, comemora Bobadilha.

O designer explica que, por meio das Leis de Incentivo a Educação e Cultura existentes (Lei do Bem, Lei Rouanet, entre outras) e de contrapartidas nos programas governamentais (linhas de crédito / investimentos – BNDES) será possível atrair parcerias da iniciativa privada (nacionais e regionais). Outro ponto é quanto a conversão destes pontos em produtos e serviços em benefício dos alunos, capacitação dos professores, bem como, benfeitorias: infraestrutura, ativos e materiais para as escolas. Tudo de forma autossustentável.

Objetivo do Programa Educlube:

O Educlube é um clube de benefícios, que além de descontos, conta com um sistema de pontos para estimular os alunos, conforme sua frequência e notas (aprendizado).
Estes pontos são convertidos em produtos e serviços, por meio de parcerias com empresas privadas que, por sua vez, são beneficiadas com os programas de incentivos já existentes (Lei do Bem, Lei Rouanet, entre outras),desoneração fiscal e linhas de crédito.

Acumulando os pontos, o aluno poderá fazer faculdade, cursos profissionalizantes, cursos de idiomas, trocar por computador, notebook, ou celular novo, ir ao cinema ou resgatar uma cesta básica. Os professores poderão se capacitar, fazer uma pós-graduação ou até viajar nas férias. As escolas poderão trocar os pontos por computadores novos, material didático ou até realizar obras de infraestrutura, sem ter que depender dos recursos públicos, por exemplo.

“A gestão poderá ser feita diretamente pelo MEC ou por entidade sem fins lucrativos contratada para administrar os pontos (mediante o acesso à frequência e notas) e captar as parcerias, com a sugestão das próprias escolas e dos alunos”, acrescentou Edelino Bobadilha.

Você pode acompanhar Edelino Bobadilha no facebook aqui, ou o trâmite na Câmara aqui. Quanto maior o envolvimento da sociedade, designers e startups nesta questão, maior a chance de aprovação do projeto de indicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *