Alecs – 1

Projeto de lei institui o Dia do Designer no Rio

Por Edir Lima

Foto: Divulgação

Edelino Bobadilha, coordenador nacional do Coletivo Brasileiro de Designer, Vereador Daniel Martins (PDT-RJ) – Foto: Divulgação

O vereador Daniel Martins, (PDT-RJ) apresentou, , no dia 1º de agosto, na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, o Projeto de Lei Nº 917/2018 que institui o Dia do Designer na cidade maravilhosa. Na ocasião, o parlamentar estava acompanhado do coordenador nacional do Coletivo Brasileiro de Designers (CBD), Edelino Bobadilha; do coordenador financeiro do Coletivo Brasileiro de Designers (CBD), Patrick Pires; do coordenador nacional do Coletivo Brasileiro de Startups (CBS), Samuel Rufino; e do vice-coordenador do Coletivo Brasileiro de Startups (CBS), Herbert Fernandes.

Na proposta, o parlamentar sugere que o Dia do Designer seja comemorado, anualmente, no dia 30 de maio. A medida valoriza os Designers do município do Rio de Janeiro.

“O design tem papel fundamental como elo integrador entre a indústria e o mercado. A categoria precisava desse reconhecimento e valorização da sociedade. No Dia do Designer, vamos organizar palestras de empreendedorismo, exposições, workshops de negócios, bussiness coaching para os Designers, além de fomentar o Design nas escolas”, comentou Edelino Bobadilha.

O vereador Daniel Martins ressaltou que considera relevante o serviço prestado pelo profissional de Designer.

“A função, o talento e o conhecimento são importantes para vários setores da sociedade. Nada mais justo do que instituir o “Dia do Designer” no Município do Rio de Janeiro”, avalia o vereador Daniel Martins.

O projeto é fruto de uma iniciativa do Coletivo Brasileiro de Designers (CBD), que solicitou ao vereador Daniel Martins a apresentação do Projeto de Lei. Edelino Bobadilha destacou os objetivos do Coletivo Brasileiro de Designers (CBD).

Qual a missão do Coletivo Brasileiro de Designers (CBD)?

Trata-se de uma organização nacional, sem fins lucrativos, que tem como objetivos a defesa do design e dos profissionais do design e a regulamentação da profissão.

Quais as próximas ações?

– Dialogar com os designers, instituições e sites que promovem o design no Rio.

– Dialogar com estudantes de Design;

– Dialogar com as empresas de Design;

– Sessão Solene para entrega de moções para os Designers;

– Organizar palestras de workshops de negócios, bussiness coaching, exposições para os Designers;

– Fomentar o Design nas escolas municipais;

Você pode acompanhar a Coletivo Brasileiro de Designers no facebook aqui, ou o trâmite na Câmara aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *