Conquista Editora – Topo

Seleção Brasileira sofre, mas vence a Costa Rica por 2 x 0

Por Agência Brasil

Neymar superou a pressão e marcou o segundo gol da Seleção Brasileira. Foto: CBF

Neymar superou a pressão e marcou o segundo gol da Seleção Brasileira. Foto: CBF

A primeira vitória do Brasil na Copa do Mundo veio no fim do jogo. De forma dramática. E carregada de muito sofrimento. Depois de passar 90 minutos tentando furar a defesa da Costa Rica, a seleção só chegou aos gols nos acréscimos. Philippe Coutinho fez seu segundo gol na Copa e Neymar fechou o placar: 2 x 0 para o Brasil.

O alívio após a pressão do empate no primeiro jogo (1×1 com a Suíça) e uma partida muito difícil contra a seleção caribenha levaram Neymar às lágrimas após o apito final. O Brasil mostrou mais volume de jogo, mas, pouca precisão nas finalizações. “A vitória foi justa. Premiou quem quis jogar”, disse o zagueiro Thiago Silva após a partida.

O VAR – o árbitro de vídeo – entrou em ação na partida de hoje. O árbitro holandês Bjorn Kuipers marcou pênalti em Neymar no segundo tempo, mas anulou após consultar o replay da jogada. A decisão de Kuipers foi correta.

Como foi o jogo

O Brasil encontrou um adversário muito bem fechado na defesa. A Costa Rica marcou a saída de bola do Brasil e se fechava com eficiência. Coutinho e Gabriel Jesus pouco fizeram durante o primeiro tempo. Neymar, jogando pela esquerda, era sempre cercado por dois ou mais adversários quando pegava na bola.

A Costa Rica explorava os contra-ataques, sempre com Ureña isolado no ataque. E, aos 12 minutos, a primeira chance real de jogo foi da Costa Rica. Numa chegada pela direita do ataque, Borges bateu para o gol, à direita do goleiro Alisson.

O Brasil teve uma posse de bola muito superior, mas não ameaçou o gol de Navas. As esperadas jogadas de habilidade do ataque brasileiro para furar a defesa não aconteceram.

Segundo tempo

Na etapa final, com Douglas Costa no lugar de Willian, o Brasil começou melhor. Aos 2 minutos, a Seleção Brasileira conseguiu entrar na área com perigo, mas Navas se antecipou a Neymar.

Na sequência, o Brasil quase chegou ao gol duas vezes. Gabriel Jesus cabeceou na trave e, na sobra, Philippe Coutinho chutou e a bola só não entrou porque o zagueiro salvou com o pé. Aos 10 minutos, Neymar recebeu bola cruzada na área e bateu para gol, mas Navas mandou para escanteio.

Depois da série de oportunidades, o jogo esfriou e a Costa Rica voltou a controlar o ataque brasileiro. Só 26 minutos o Brasil teve nova chance de abrir o placar. Neymar recebeu e bateu para o gol na entrada da área, mas a bola saiu à direita.

Aos 32 minutos, o Brasil chegou com velocidade e Neymar caiu na área e o juiz marcou pênalti. Ele, no entanto, consultou o árbitro de vídeo e anulou a marcação. O jogo continuava 0 x 0 e deixava os jogadores brasileiros cada vez mais nervosos. Neymar e Coutinho foram punidos com cartão amarelo por reclamação.

O Brasil finalmente marcou aos 45 minutos. Firmino cabeceou para o meio, Gabriel Jesus escorou e Coutinho completou para o gol; 1×0. Festa em São Petersburgo, na Rússia, e em todo o Brasil. A angústia, enfim, terminava.

Faltando 4 minutos para o fim da partida, a seleção ficou tocando bola, gastando o tempo. E teve tempo para o segundo gol, com Neymar. Em contra-ataque rápido, Casemiro tocou para Douglas Costa, que centrou para o camisa 10 do Brasil ampliar o placar. Com o apito final, veio o alívio da primeira vitória do Brasil na Copa.

Na próxima rodada, o Brasil enfrenta a Sérvia. O jogo será na próxima quarta-feira (27) às 15h (horário de Brasília). O Brasil lidera o grupo E com 4 pontos em dois jogos. Hoje, às 15h, Sérvia e Suíça fecham a segunda rodada do grupo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *