Uninter – 1

Não há, absolutamente, nada errado com você

Por Katia Nascimento

Arquivo Pessoal Patricia

Há dois anos eu escrevo para a Folha do Rio de Janeiro e sou responsável pela coluna Escolha se Amar, que é um espaço onde divido as minhas ideias e pensamentos com vocês, relacionados a autoestima, autoconfiança e autoimagem. Entretanto, de uns meses para cá senti a necessidade de aprofundar em aspectos do empreendedorismo feminino e assim nasceu este novo espaço, Mulheres que Convencem! Aqui, nosso objetivo é levar informação até você. Uma vez por mês abriremos as nossas portas e em nossa sala de visita vamos entrevistar mulheres maravilhosas que fazem a diferença na vida, e no mundo, para te inspirar e ser uma contribuição na sua jornada. Além das entrevistas, vamos cobrir eventos relacionados com empreendedorismo, liderança e imagem pessoal sempre com o objetivo de contribuir com o seu Impacto no mundo.  Portanto, seja bem-vinda!

E para inaugurar este espaço eu escolhi uma mulher maravilhosa, que eu admiro muito. Seja por sua trajetória, seja pelo seu caminho no empreendedorismo, seja pela mulher incrível que é. Gente, esta diva está com sua agenda de cursos lotada até Fevereiro de 2019, com cursos agendados em todos os finais de semana pelo Brasil e em alguns países e diz que não trabalha, se diverte. Você deve estar pensando: Ela só pode fazer mágica! E você está certíssima (risos). Ela faz mágica sim, e o melhor de tudo, te ensina como fazer também. Quer aprender?

Quero lhe apresentar, Patrícia Gonçalves – Uma mulher que Convence, “um ser que está se reinventando a cada dez segundos. É mãe de dois adolescentes, economista, fotógrafa, artista plástica, pintora, escritora… um ser que quer conquistar o mundo”. Gente, como pode melhorar isso?

Melhora, quando eu te conto que ela se tornou terapeuta aos 49 anos (e você pode estar aí pensando que não sabe o que vai fazer da sua vida porque te contaram que começar uma nova profissão depois dos 30 não é adequado).

Quando ela diz que “é alguém que a cada 10 segundos se descobre e se reinventa”, não é nenhum exagero. Você sente isto nela (ao escutar sua voz, seus áudios, suas contribuições). Mas o que ela faz? É terapeuta e ministra classes de Cursos de Access Consciousness® pelo mundo. Além de ser feliz! Óbvio.

Access Consciousness® é mais que uma terapia, segundo ela, é uma filosofia de vida. Já existe há quase 30 anos nos EUA e está se expandindo absurdamente. Foi criada por Gary Douglas em 1990. Depois de reconhecer que uma maior consciência nas pessoas pode mudar a direção de suas vidas e o futuro do planeta, a criação e expansão da access conscioneuss por Gary foi impulsionada principalmente por uma única pergunta: “O que posso fazer para ajudar o mundo?”

Tudo é simples e eficaz. São ferramentas pragmáticas, aplicáveis ​​à vida e permitem que qualquer um e todos façam sua vida funcionar. Não é maravilhoso?  Patrícia explica que “[…] pode mudar a vida das pessoas pela simplicidade, que o access apresenta do que se pode ser,  fazer e criar. É tão simples que ninguém acredita”.

São várias ferramentas:

  • Os processos corporais: onde se pode trabalhar o corpo da pessoa em tudo, através de imposição das mãos. Alivia inclusive dores.
  • Os Processos verbais: que são perguntas que fazemos para que possamos ficar mais conscientes do que estamos fazendo ou escolhendo. “[…] no access a gente fala que as perguntas empoderam e as respostas desempoderam. E é muito louco porque vai contra tudo o que aprendemos nesta realidade, que é, que temos que ter resposta para tudo.”
  • As Barras de Access Consciousness: são 32 pontos na cabeça onde armazenamos “coisas”. Ter as Barras corridas inicia um processo de dissipação da carga elétrica de polaridade armazenada em seu cérebro. Ou seja, todas as limitações que você possa ter com relação a dinheiro, sexualidade, alegria, corpo, criatividade começam a ser dissipadas, criando uma NOVA realidade em sua vida!

Lindo isto! Amei!

29790569_10212757916797402_6890854414139133984_n

Patrícia ainda explica que “[…] na frase aclaradora de Access dizemos: Certo e errado; bom e mau, sabe, porque ficamos presos neste espaço dicotômico de ser uma coisa ou outra. O outro está sempre procurando o errado na gente, e NÃO HÁ ABSOLUTAMENTE NADA ERRADO COM VOCÊ!”.

A proposta de vida que se apresenta é muito simples. É tão incrível que parece mentira. E muita gente deixa de aplicar, justamente pela simplicidade.

“Mudou a minha vida! Me mostrou que eu poderia ser eu mesma do jeito que sou! E que eu poderia (posso) ser feliz e conquistar as coisas do jeito que eu sou. A vida inteira eu me senti insegura, feia, estupida, burra e não tomava pose de mim. Não importava se eu era inteligente ou tivesse o QI acima da média, não importava que eu gostava de fotografia, pintura e escrevia poesia… Eu ainda me achava pior que todo mundo, e acreditava que não tinha espaço neste planeta para mim. Desenvolvi uma depressão, e por várias vezes pensei em me matar”, relata. […] ‘foi incrível descobrir que eu poderia ser eu mesma e que poderia criar coisas incríveis e maravilhosas e depois me dar conta que com a minha transformação eu ainda poderia ajudar as pessoas”. Não é linda? Como não amar esta mulher!

Como várias de nós, Patrícia sempre sentiu no seu coração o desejo de ajudar as pessoas. Isto fazia parte do seu ser: QUERER AJUDAR. E com access ela pôde realizar. Hoje ela ajuda milhares de pessoas a serem elas mesmas e que está tudo bem ser exatamente como se é. PONTO. “[…] E mesmo você sendo você, por mais “descacetado” que você seja. Há um espaço no planeta para você. Você pode criar o que quiser para sua vida! É possível criar dinheiro, criar projetos e  contribuir com o  nosso planeta!”

Lembre-se sempre que tudo na vida é contribuição para todos e que muitas vezes o “seu estar fechado” não te abre para considerar as infinitas possibilidades devido ao julgamento. Compramos esta realidade como fato, como sólido. O que mais você pode criar para você? O que mais é possível que ainda não considerou? Onde isso pode ser contribuição para mim?

E quando perguntei para Patrícia sobre como buscar esta leveza que todas nós buscamos, ela responde: “A leveza vem de onde não é forçado, a leveza vem de um lugar que Simplesmente é!”

Então amada, seja leve!  Seja!  Apenas seja você e crie tudo o que quiser na sua vida. Você merece!

Conheça a minha outra coluna: CLIQUE AQUI

Patrícia tem um canal Divo no youtube – CLIQUE AQUI PARA VER OS VIDEOS DELA

Me siga nas redes sociais: @escolhaseamar | @institutodorenascimento

Katia Nascimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *