Conquista Editora – Topo

Corpo de vítima de incêndio em SP é liberado para sepultamento

Por Agência Brasil

Bombeiros trabalham na busca pelos desaparecidos e retirada dos destroços do prédio que desabou após incêndio da madrugada de ontem (1), em São Paulo, no Largo do Paissandu. Foto: Agência Brasil

Bombeiros trabalham na busca pelos desaparecidos e retirada dos destroços do prédio que desabou após incêndio da madrugada de ontem (1), em São Paulo, no Largo do Paissandu. Foto: Agência Brasil

O corpo de Ricardo Oliveira Galvão Pinheiro, de 39 anos, foi liberado na manhã de hoje (5) pelo Instituto-Médio Legal para sepultamento. Os bombeiros encontraram o corpo ontem (4), depois de retirarem quase 10 toneladas de entulho do local onde um prédio desabou no Largo do Paissandu, zona central de São Paulo. Ricardo morreu quando já estava sendo resgatado pelos bombeiros. A identificação do corpo foi possível após realização de exame com as impressões digitais, segundo a Secretaria Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo.

O Corpo de Bombeiros de São Paulo continua o trabalho de buscas por vítimas do desabamento do edifício Wilton Paes de Almeida, que desabou na terça-feira (1º) na região do Largo do Paissandu, no centro da capital paulista. Cinco vítimas ainda estão desaparecidas: um casal e uma mãe com seus dois filhos gêmeos.

Investigações

A Secretaria de Segurança Pública informou ainda que duas pessoas foram ouvidas ontem na sede do 3º Distrito Policial. Os nomes das pessoas que foram depor não foram informados pelo órgão. Por determinação do secretário de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, o Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) instaurou um inquérito para apurar as associações que cobram alugueis de moradores de ocupações em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *