Alecs – 1

Rio vacina 150 mil pessoas contra gripe Influenza

Por Agência Brasil

Rio vacina 150 mil pessoas contra gripe Influenza. Foto: Agência Brasil

Rio vacina 150 mil pessoas contra gripe Influenza. Foto: Agência Brasil

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio já vacinou mais de 150 mil pessoas durante a primeira semana da Campanha de Vacinação contra a [gripe] Influenza, que começou na última terça-feira (24). Hoje (30), ponto facultativo na rede municipal, as 232 unidades de saúde funcionam até o meio-dia. Não haverá atendimento durante o feriado de amanhã, 1º de maio.

A vacinação tem como público-alvo idosos, crianças de seis meses a 4 anos, gestantes, mulheres que deram à luz recentemente, trabalhadores de saúde, portadores de doenças crônicas e professores das redes pública e privada em atividade. A finalidade da imunização é reduzir as internações, complicações e mortes em decorrência das infecções causadas pelo vírus da gripe.

A vacina contra a gripe está disponível em 232 unidades de Atenção Primária (clínicas da família e centros municipais de saúde), de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Aos sábados, 137 unidades funcionam até 12h, mas nem todas oferecem a vacinação, uma vez que, por questões técnicas ou de segurança, possuem autonomia para definir se funcionam em horário estendido (até 20h) ou até o meio-dia, e inclusive farão ou não a vacinação neste período.

Já no sábado (12), dia D de mobilização, será montado um esquema especial de vacinação, com postos extras montados em toda a cidade para facilitar o acesso da população. Unidades da prefeitura do Rio terão seus horários de funcionamento ampliados e dedicados à vacinação contra a gripe. A meta é imunizar 90% do grupo-alvo, o que representa 1,4 milhão de pessoas.

Critérios

Seguindo recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), a vacina Influenza trivalente, composta por cepas dos três tipos de vírus da gripe mais circulantes no Hemisfério Sul e com mais possibilidades de causar quadros graves da doença, foi a selecionada para a temporada 2018.

O esquema é recomendado conforme a idade do paciente: duas doses para crianças de seis meses a 8 anos de idade (que nunca tenham sido vacinadas contra a gripe); e dose única para pacientes a partir de 9 anos.

Para pessoas que tenham apresentado febre recente, recomenda-se adiar a vacinação até que o estado de saúde melhore. Portadores de doenças neurológicas e síndrome de Guillain-Barré devem consultar um médico antes de tomar a vacina e seguir suas orientações. Já pessoas com histórico de alergia grave e prévia ao ovo ou a algum outro componente da vacina não devem se vacinar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *