Cinemark – 2

Jungmann confirma que algumas UPPs serão extintas

Por Agência Brasil

Jungmann confirma que algumas UPPs serão extintas. Foto: Agência Brasil

Jungmann confirma que algumas UPPs serão extintas. Foto: Agência Brasil

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, confirmou hoje (27) que algumas Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) do Rio de Janeiro serão extintas. Não foram informadas quantas serão atingidas pela medida. A região metropolitana do Rio conta com 38 UPPs.

Ele defendeu a reavaliação e extinção de algumas UPPs. “Houve uma expansão maior do que as pernas do estado poderiam manter com os recursos que se tinha. Isso degradou uma grande parte das UPPs. Em segundo lugar, as UPPs eram a ponta de um projeto onde você teria a polícia pacificadora, mas o estado deveria entrar com saúde, educação, etc. O que também não entrou”, disse.
Mais policiamento

Segundo Jungmann, parte das UPPs não cumpre mais a função para a qual foi concebida. “Então, o que fazer? Reduzir, melhorar aquelas que estão em condições de ser efetivamente melhoradas, trazer mais policiamento para as ruas e colocar grupamentos ou destacamentos que vão permanecer dentro da comunidade”, disse.

Para o ministro, se essas UPPs não tinham capacidade de exercer suas funções é melhor reaproveitar os policiais no patrulhamento geral das ruas da cidade. Segundo ele, as UPPs que estão funcionando bem devem ser mantidas.

As UPPs foram criadas em 2008 e logo se tornaram a principal política de segurança pública do estado do Rio. A proposta era implantar policiamento comunitário nas áreas controladas por quadrilhas armadas. A última UPP, na Vila Kennedy, foi implantada em 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *