Cinemark – 2

Transformando medos em atitudes

Por brunabarioni

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Ultimamente tenho utilizado esta técnica e gostaria de compartilhar com vocês.

Para começar, é necessário falarmos de um problema comum, nossos medos, receios e a dificuldade de lidar com nossos pensamentos que nos desmotivam em nosso íntimo.

Nossa capacidade de refletir, criar e executar é o que nos diferencia de nossos ancestrais mais antigos, pois com essas habilidades ganhamos a capacidade de criar ferramentas e refletir na melhor maneira de utilizá-las a nosso favor.

Esta capacidade de refletir, criar e executar também nos deu a capacidade de criar certos “monstros” em nossa mente. Se estamos preocupados com alguma coisa, começamos a pensar em nossos medos, inseguranças e criamos situações que simplesmente não existem e muitas vezes deixamos de agir por conta destes pensamentos, ficamos tão focados nos medos e receios que esquecemos de olhar para o problema e tentar resolve-lo.

Vou trazer alguns pensamentos comuns:

“Isso nunca vai dar certo” – “Eu nunca vou conseguir” – “Dinheiro não nasce em árvore” – “Para mim tudo é difícil” – “Como vou pagar minhas contas?” – “Homens são infiéis” – “Quero sumir, desaparecer” – “Vou enlouquecer”.

Poderia ficar aqui elencando diversas frases como essas, mas acredito que você já entendeu.

Como lidar com esses pensamentos negativos, essas frases que nos atormentam, como transformar isso?

  1. Pense em cada frase que você criou na sua mente e que costuma dizer sempre. Dica: Você pode fazer uma lista.

Exemplo: “Eu nunca termino o que começo”

  1. Agora reflita e escreva abaixo de cada pensamento negativo quais são os impactos destrutivos destas frases, ou seja, o que você sente quando repete esta frase para si mesmo.

Exemplo: “Eu nunca termino o que começo!” à  “Me sinto incapaz, impotente, triste…”

  1. Quais são as ações e não ações negativas quando você se repete esta frase.

Exemplo: “Eu nunca termino o que começo!” à  “Nem começo as coisas, vou deixando para depois, perco a motivação antes de começar.”

  1. Agora chegou a hora de mandar estes pensamentos negativos para bem longe do seu dia-dia. Vamos criar uma frase positiva com base nesta frase negativa.

Exemplo: “Eu nunca termino o que começo!” à  “Vou iniciar e terminar, pois assim vou me sentir melhor, vou conseguir”

No inicio procure fazer isso frequentemente, por pelo menos uma semana, depois isso irá começar a ser automático em seu pensamento, vai funcionar como um mecanismo de defesa para você mesmo. Pensamentos negativos além de nos desmotivar podem nos causar patologias com o tempo. Ter pensamentos positivos tendem a nos levar mais longe e sermos pessoas mais felizes.

Mas para ser de fato eficiente, ao final crie uma ação para cada frase positiva que criou. Planeje, execute essa ação, você tem mais potencial do que imagina ter!  Siga para o próximo pensamento negativo, repita isso até sumir com cada um deles e conquistar mais um degrau  na transformação da sua inteligência emocional.

 

Bruna Barioni

Master Coach – R&B Coaching e Associados

Da inspiração à Conquista

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *