Cinemark – 2

Desmistificando o Coaching

Por brunabarioni

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Desmistificando o Coaching

Nos últimos dias, muito se falou sobre a metodologia Coaching devido à exposição da profissão em uma novela da Rede Globo. Desde então, foram jornais, mídias sociais, rádios, profissionais de outras áreas e até Youtubers falando sobre o tema.

Nós Coaches, estamos em um processo de desmistificação da metodologia, onde muitos profissionais de outras áreas e até mesmo Coaches formados se utilizam da tradução da palavra Coaching para “treinamento”, “consultoria” e por vezes terapia. Talvez por falta de conhecimento da metodologia ou até por um apelo mercadológico.

Por conta do Coaching ainda não ter uma regulamentação, assim como muitas outras categorias, como por exemplo, a consultoria, muitas pessoas acabam fazendo o que querem dentro de uma sessão de Coaching, esquecendo que estamos falando da vida das pessoas, onde elas têm muito a perder, caso o problema trazido pelo Coachee (cliente) não seja levado de forma responsável.

O fato é que a novela em questão não está abordando o Coaching da forma correta,  como os seus propulsores Timothy Gallwey, Marshall Goldsmith e algumas escolas que ensinam de maneira séria esta metodologia, que tem como base o Autoconhecimento para um planejamento estratégico ao alcance de metas, trabalhando Comportamentos e Competências.

A estrutura de um processo de Coaching tem como apoio o método socrático que se trata de uma filosofia de questionamento, onde o Coach (profissional) leva seu Coachee (cliente) a refletir sobre o tema em questão e criar opções para lidar com ele. Em nenhum momento a metodologia Coaching induz ou aconselha o Coachee (cliente), e sim faz com que ele analise todas as possibilidades para uma tomada de decisão mais eficiente.

Outro ponto o qual o processo de Coaching tem seu diferencial de outras metodologias, é que, ele aborda a meta em seu presente e futuro, ou seja, entende-se qual a realidade do Coachee (cliente) e onde ele quer chegar (sua meta), então juntamente com o Coach (profissional) o Coachee (cliente) cria uma estratégia de realização. Em nenhum momento o Coach (profissional) tem a competência de tratar traumas, isso é trabalho para um profissional capacitado, como um psicólogo e/ou psiquiatra. Um Coach responsável, ao identificar algum tipo de trauma dentro de uma sessão, deve imediatamente indicá-lo a um profissional capacitado e neste momento decidir junto com o Coachee (cliente) se as sessões terão uma pausa, ou se existe a possibilidade de fazer o tratamento juntamente com o processo de Coaching.

É neste ponto citado acima que está a grande polêmica do que aconteceu na novela, pois o “Coach” da novela diz tratar um caso de trauma vivido pela personagem, diz poder curá-la. O “Coach” da novela utiliza técnicas de hipnose para curá-la. A hipnose é ótima, porém é um processo de indução e deve ser tratado com muita cautela, a hipnose descaracteriza completamente a metodologia Coaching, fora as questões de aconselhamento dentro da trama.

Desde então, temos pessoas que não conhecem do assunto concordando com a abordagem dada na novela sem imaginar os danos que podem causar. Pessoas que não conhecem do assunto criticando a metodologia Coaching em geral e pessoas que conhecem do assunto, mas estão muito mais preocupados com as questões de merchandising, já que houve a propaganda de uma escola em dado momento da novela.

O importante é deixar claro que o que está acontecendo com o Coaching é normal, pois em certo momento da nossa história a profissão de psicólogo também foi colocada à prova, mas hoje se tornou uma profissão respeitada. Isso aconteceu com diversas outras profissões e vai acontecer com muitas outras.  Nós que trabalhamos de maneira séria, temos o dever de continuar buscando o respeito e ética da nossa profissão sempre respeitando todas as outras profissões, e acima de tudo respeitando os problemas de nossos clientes.

Acontece também, que muitas pessoas estão desacreditando a metodologia dizendo que é uma profissão para quem não deu certo na vida, dentre muitas outras coisas absurdas! Porém gostaria de deixar uma reflexão:

“Quantas pessoas você conhece que eram grandes profissionais como, advogados, médicos, administradores, entre outros, que deixaram a sua carreira para investir em algo que realmente acreditava, e principalmente que o fazia feliz?”

 

Bruna Barioni

Master Coach

R&B Coaching e Associados

www.rebcoaching.com.br | contato@rebcoaching.com.br

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *