Anthonia Helayel – Topo

Como organizar os pensamentos: O maior desafio nesta era digital

Por Katia Nascimento

Foto: Pixabay

Foto: Pixabay

Você já deve ter observado que a atenção das pessoas está muito reduzida hoje em dia. A maioria das pessoas não consegue expor uma ideia e defendê-la para uma audiência, visto que não há consistência na informação; não possuem o dom de permanência e tentar de novo quando algo não acontece da forma que esperavam; não refletem antes de agir deixando a impulsividade dominar a sua vida. De acordo com pesquisas, uma média de 80% das pessoas, incluindo crianças, jovens e adultos, vivem exatamente desta forma.

O maior desafio de todos nesta era digital, no meu ponto de vista, é como organizar os pensamentos. Com tanta informação chegando ao seu cérebro, há uma hiperconstrução de pensamentos. Esta construção é numa velocidade tão alta, que estressa e desgasta o cérebro (experimente a meditação para acalmar a mente, assunto da próxima coluna Escolha se Amar).

Isto gera uma ansiedade e uma sensação de incapacidade que pode acarretar em outros problemas que vão afetar a pessoa em vários setores da sua vida. Desde relacionamentos até carreira.

Nós recebemos mais 400 bilhões de bits de informação por segundo, mas nossa consciência só recebe 2 mil bits. É muito pouquinho, não é verdade? E o que determina o que vai para a consciência ou não é a nossa percepção. Incrível não é?

Kátia, minha filha, então o que eu posso fazer para me virar nos 30 e apreender “coisas” que são importantes para mim? Por que se eu recebo mais de 400 bilhões de bits por segundo de informação, tudo que está a minha volta entra no meu sistema, e portanto aprender não é uma opção, certo?

CERTÍSSIMO!

A principal lição que podemos tirar aqui não é o que vamos fazer para mudar, e sim mudar como e para quê.

Percebe que a mudança é inevitável?  Portanto o que você precisa saber é o por quê. O motivo que te leva querer a ser diferente. Assim você já manda um comando para o seu cérebro de quais serão os dois mil bits que ele “precisa” aproveitar dos bilhões que entram aí na sua cachola.

É a percepção que determina.

E esta percepção é determinada pelo o que você acredita como verdade absoluta, somado ao que é mais importante para você. Se não sabe isto sobre você, está na hora de descobrir (um coach pode te ajudar).

Agora, para te ajudar a melhorar a organização de toda esta informação e associar tudo isto de maneira ideal e com segurança e fazer com que você apresente tudo isto de maneira assertiva ao mundo, nada melhor que um Fonoaudiólogo. Caracaaaaaaaaaaa se este Fono conhecer técnicas de Coaching então, ele muda sua vida.

Então, eu te falo, se você ou alguém que conhece está sofrendo com esta intoxicação de conteúdo causada nos dias atuais com esta quantidade de informação vindo de todo lado, saiba que saber usá-las de maneira eficaz aperfeiçoando a sua comunicação, fará toda a diferença na vida.

Isto não tem nada a ver comigo ou com você, tem a ver com “o NÓS”. Tudo isso que mencionei acima diz respeito ao que nos torna iguais: o sistema nervoso e suas características. Portanto é universal!

Você pode mudar a sua comunicação e seu nível de aprendizagem, descobrindo como o seu mecanismo de aprendizagem funciona e usá-lo ao seu favor. Isto é fato.

Se quiser aprofundar ou tiver alguma dúvida pode me escrever que eu respondo. Mas como eu não vou embora sem deixar uma dica ninja, aqui vai:

“Perceba o que você acredita sobre uma determinada área (fica mais fácil para você dividir assim), por exemplo, a financeira: Você acredita que dinheiro traz felicidade, que o dinheiro é sujo, que quem fica rico “de repente” fez alguma coisa ilícita, que quem nasce pobre morre pobre? Faça este exercício de análise e observe com cuidado e sinceridade. Depois investigue o que é importante para você: felicidade, sucesso, amizade, família…etc.  Feito estes dois exercícios, você já começa a observar se o seu modo de operar te sabota ou te joga para cima. Pense: Se você acredita que não pode ter mais dinheiro do que tem porque só “sobe” na vida quem faz algo de errado e você é uma pessoa boa, mas o sucesso é um valor seu, é muito importante para você. Você concorda que esta incongruência irá te sabotar? Os seus dois mil bits de informação aproveitada na consciência será determinado por este filtro perceptivo e assim muito provavelmente irá deixar passar oportunidades pois não foram acessadas? Mas se você aprender a acessar o que precisa a partir do que quer e da sua determinação, saber o seu para que. Sua vida muda!”

Fez sentido para você? Para mim faz todo.

Entre aqui e veja outros textos meus no jornal.

Grande beijo!

katianascimento@folharj.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *