Copemac-970×90

Agindo de forma estratégica com amigos e inimigos

Por Alex Ribeiro

Foto: Pixabay

Foto: Pixabay

Estratégia no relacionamento com os INIMIGOS, é melhor ter, como já diz o bordão!

Começo pelo mais importante, se você não tem um inimigo (ou alguns) trate de conseguir um para ontem! A chance de que você não esteja entendendo muito bem o mundo à sua volta é enorme! Isso porque nada, nada substitui o feedback ou a crítica de um inimigo! Exagerada? Sempre! Mas é melhor saber logo de seus defeitos e problemas do que ter inimigos invisíveis, isso sim é péssimo! Os inimigos nos atiçam, nos expõe, nos obrigam a sermos melhores e também a estarmos de prontidão! Quer melhor? Adversários declarados valem muito! E se alguém está pensando que a parceira ou parceiro amoroso anda cumprindo este papel, dê uma colher de chá, pode ser que ele, ou ela, realmente te ame! Como dica especial para vocês fica a melhor de todas, mas esta é só para os fortes, aquele pessoal raiz: Peça mais feedbacks para seus inimigos e críticos!  Resumindo, inimigos são muito bons, e até essenciais para a nossa evolução, tire proveito disso!

E com nossos amigos, será que precisamos ter uma estratégia de relacionamento?

A vida está bem dura e difícil, porque não amenizar isso com a presença dos amigos e pessoas de confiança? Pois é, é aí que mora o perigo! É bem improvável que você ponha a mão na boca de um leão, mas na boca de um gatinho certamente você pode pôr a sua mão. Mas e se o gato se tornar um Leão de uma hora para a outra? Bingo, tai o corpo estendido no chão! E neste caso será o seu corpo! Aquele amigão ou amigona, por “N” motivos pode ser levado à inveja e à cobiça, e de um amigo confidente passará rapidamente para a função de pior inimigo! Se é para se preocupar? Óbvio! E é por isso que andar com gente comprovadamente boa, no mínimo com fama de ética, pode te proteger um pouco! Sabe aquela pessoa que é super legal com você, mas só com você! Sendo que todos os outros amigos de seu grupo já tem o pé atrás com ele! Este pode ser o famigerado gatinho que irá se tornar um leão acabando com a sua paz. Fique ligado, e desde ontem comece a ficar longe dessa pessoa! Resumindo, amigos as vezes são piores que inimigos! Pois é, triste notícia, a nossa “visão além do alcance” sobre as pessoas, às vezes, falha, e feio! E como dicas extras de quem já conhece um pouco da vida, ficam duas, bem básicas e óbvias, porém difíceis de seguir, novamente só os fortes terão coragem de pô-las em ação: Antes de fazer caridade com os amigos, pense (lembre-se do gato que vira leão); Não contrate amigos muito próximos, a não ser que você possa arriscar esta amizade. Doeu escutar estas dicas? Então elas fazem algum sentido!

E passamos hoje por mais um tema estratégico importante, fique atento aos amigos e aos inimigos! E siga acompanhando a nossa coluna, que tem muito mais para este 2° semestre, até já!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *