Hinode – 1

MC faz do Funk Gospel o caminho para a superação

Por Edir Lima

Foto: Globo Play/Divulgação

Foto: Globo Play/Divulgação

O gari e MC Markinho Gospel, 53 anos, está finalizando um documentário sobre o Funk Gospel, especialmente, o que leva a transformação de uma vida quase perdida ao encontro com Deus, através da música. O filme contará histórias de moradores de comunidades que viviam em situações ilícitas, envolvidas em drogas, assalto, crime, entre outras, mas conseguiram dar a volta por cima depois que se envolveram com a música.

“Tenho visitado muitas cruzadas e conhecido muitas histórias de superação que servem de exemplo para quem está no caminho errado. Essas pessoas foram tocadas e transformadas a partir da relação com Funk Gospel”, explica o MC.

Markinho Gospel, que se converteu com 30 anos, precisou mais do que uma relação ou influência da música para sair do que considerava buraco negro sem fim na sua vida. Numa ocasião em que vivia bêbado e drogado, prestes a perder o emprego, chegou em casa quebrando vários objetos.

“Comecei a agredir minha esposa e quebrar a casa, quando minha filha de 2 anos, chorando, gritou para parar “de bater na mamãe”. Foi quando senti a presença de Deus e parei com tudo de ruim que estava me levando à destruição. Foi o momento de superação. A partir daí tento tirar as pessoas do submundo através do que eu tenho de melhor para oferecer que é a música”, comenta Markinho Gospel.

Nas horas de folga na Companhia de Limpeza de Niterói, onde trabalha como gari, Markinho vai atrás de depoimentos para o documentário. Com uma câmera Nikon semiprofissional, já entrevistou vários artistas que vieram de comunidades e tem histórias de superação, como Perla, Ângelo Rosa (Nosso Sentimento), Abdula, Didor, entre outros.

“São artistas que vieram de comunidades carentes e conquistaram a fama com suas músicas. Eles contam histórias que vão tocar o coração de quem está no caminho errado ou ainda não se encontrou com Deus”, comenta o MC.

Markinho Gospel explica que a diferença do Funk tradicional para o Funk Gospel está na batida e nas letras.

“Para começar, a letra leva a pessoa a pensar em Deus e sentir que o melhor caminho é o encontro com o Senhor. A batida é um complemento dessa interação”, ressaltou o MC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *