Cinemark – 2

O maior motivo dos seus sonhos não darem certo

Por Érika Ferrari

Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

Recentemente encontrei uma amiga que está vivendo um pesadelo em seu trabalho. Após conversarmos muito sobre a época da escola e darmos boas risadas com isso, ela iniciou o assunto de como era sua semana cansativa que já durava dois anos. Comentou sobre sua ansiedade para a chegada do final de semana, onde ela poderia beber até cair e esquecer todos os problemas da empresa.

Em pouco tempo, eu me sentia triste por ela e decidi perguntar o porquê ela não iniciava um psicólogo e, paralelamente, buscava outra oportunidade de trabalho.

Essa história me fez pensar sobre a importância da autoconfiança. Como assim autoconfiança? A autoconfiança não depende de como as pessoas enxergam você, mas da forma como você mesmo se vê.

Em diversos momentos, minha amiga se mostrava fraca, desacreditada e com medo do que estava por vir. Alegando que ela era menos inteligente e capacitada que os demais, que sua pouca habilidade em falar em público acarretava em uma reunião fraca e com muitas críticas de seus superiores.

Uma vez, estive em uma palestra que exemplificava a autoconfiança como a convicção que uma pessoa tem, de ser capaz de fazer ou realizar alguma coisa. Seria sinônimo de autoestima e de autoaceitação.

Pensei que o que impede as pessoas de perseguir os seus sonhos é o medo do fracasso, e a falta de autoconfiança para vencer esse medo e ir á luta.

Já ouvi algumas perguntas do tipo: É possível fazer alguma coisa para mudar minha autoconfiança? Posso controlar os níveis de confiança que tenho?

E gostaria de falar sobre o assunto.

Separei algumas dicas pontuais que ajudam as pessoas a desenvolverem essa característica. É importante reforçar que essas dicas não são milagrosas. Se você não se esforçar e não der tempo hábil para ver os resultados, de nada adianta.

Vamos lá, sem ordem específica:

1. Mude sua auto-imagem mental – Essa imagem não deve ser fixa e imutável. A nossa auto-imagem significa muito para nós, mais do que muitas vezes percebemos. Temos uma imagem mental de nós mesmos, que determina o modo como nos sentimos confiantes (ou não). Descubra porque se vê desse modo, e faça o que for preciso para mudar. Invista o tempo em se arrumar melhor, torne-se mais apresentável. Não é preciso roupas caras, apenas roupas que você se sinta mais bonito(a). Faça a barba, corte o cabelo, use perfume, creme, maquiagem. Transforme seu humor.

2. Pare de pensar nas suas limitações e dar justificativas negativas para o não alcance de algo – Você precisa ter consciência da sua conversa mental, dos pensamentos que tem sobre si mesmo. Quando está em um “relacionamento” que é interrompido seja lá qual for o motivo, pare de pensar que você não é suficientemente bom ou boa para aquela pessoa. O que quero dizer com isso? Ele é muito inteligente, já sabe os próximos passos e eu estou sem direção nenhuma, ou ele(a) era muito pra mim porque é magro(a), bonito(a), esbelto(a) e eu… Aprenda a reconhecer esses pensamentos negativos e tente cortá-los na hora. Quando você o identificar, substitua-o por algo positivo, por exemplo: “Eu já conquistei x, y e z. Sou muito competente no que me proponho a fazer.” Tente agir de uma forma positiva, agir em vez de pensar que não pode, e ser positivo. Converse com pessoas de uma forma positiva, coloque mais energia em tudo o que faz. Em breve, começará a notar a diferença, e as pessoas à sua volta também.

3. Conhecer-se é fundamental – Quando há uma batalha, o mais sábio aprende a conhecer o seu inimigo antes de lutar. Não pode derrotar o inimigo sem o conhecer. E quando você tentar superar uma auto-imagem negativa e substituí-la com auto-confiança, o seu inimigo é você mesmo. Conheça-se bem. Comece a ouvir seus pensamentos. Comece a escrever sobre pensamentos que tem sobre si, e perceba de onde vêm esses pensamentos negativos. Depois comece a pensar sobre as coisas que gosta em si, aquilo que sabe fazer bem, as coisas que gosta. Pense nas suas limitações, e se são reais ou criadas pela sua mente e pelos seus medos.

4. Prepare-se – Vencer o sentimento de “não consigo”. Prepare-se o máximo possível. Um exame, por exemplo: se não tiver estudado, não vai ter confiança nas suas habilidades para ter um bom resultado no exame. Mas se você se fartou de estudar, está preparado, e estará muito mais confiante. Agora pense na vida como o seu exame.

5. Conheça os seus princípios e viva de acordo com eles. Quais são os princípios que você baseia a sua vida? Se não sabe, então vai se sentir perdido e sem direção. Pense nos seus valores, missão e propósito de vida, nos seus objetivos… certamente que os tem, mas talvez não tenha pensado muito neles. Agora pense se vive realmente de acordo com eles ou se apenas acredita neles, sem agir de acordo. Descubra-os e tente viver a vida de acordo com eles. Nem sempre será fácil, mas é o que fará sentido.

6. Postura de campeão – Ter uma postura terrível, influência seu psicológico e o olhar das pessoas a sua volta. Algumas pessoas iniciam o yoga e melhoram bastante. É importante estar atento e corrigir seus ombros e coluna sempre que possível, logo irá se sentir melhor. Repare que, pessoas com uma postura direita, demonstram mais autoridade e confiança, e são mais atraentes.

7. Aumente as suas habilidades e seus conhecimentos – Para se sentir mais competente, é preciso que você se torne mais competente. Estude e pratique. Faça aos poucos. A prática e a técnica irão aumentar a sua competência, qualquer que seja a área. Se quer melhorar no futebol, comece aprender a dominar e tocar a bola, assistir jogos e estudar lances. Depois, aprenda a chutar para o gol e assim sucessivamente. Aos poucos. Quanto mais treinar e se dedicar, melhor serão seus resultados.

8. Definir e alcançar um pequeno objetivo – O maior erro que as pessoas cometem é querer alcançar um grande objetivo logo de primeira. E quando falham, ficam desmotivadas. Divida em etapas, separe em sub objetivos, tente alguma coisa mais viável. Uma que é possível conseguir neste momento e alcance-a. É extremamente prazeiroso. Voce irá se sentir muito bem. Depois, defina outra e alcançe-a também. Quanto mais coisas conseguir atingir, mais vontade terá de conseguir outras mais difíceis e melhor irá se sentir.

9. Alterar um pequeno hábito. Pequeno, gente! Se você gosta muito de doce, não é para falar que não irá mais comer açúcar. Aqui basta um pequeno. Beber um copo de água quando acordar, caminhar por 30 minutos todos os dias, acordar 10 minutos mais cedo. Algo viável para você e que você saiba que será possível cumprir. Faça-o durante dois meses. Quando finalizar, vai se sentir outra pessoa.

10. Músicas – Esse é meu preferido. Empodere-se! Crie uma lista bombástica no Spotify com músicas que façam você se sentir o máximo. Escute pelo menos três músicas no dia, você escolhe o período. Quero ver você se sentir fraca(o), desacreditada(o) e insegura(o)! Procure na internet por músicas de empoderamento, é fundamental que você escolha as músicas certas.

11. Concentre-se nas soluções. Mude o seu foco. Pare de se concentrar nos problemas. Essa é uma uma das melhores coisas que você pode fazer pela sua confiança e pela sua carreira. “Eu odeio meu trabalho” Como pode resolver isso? “Mas não me consigo motivar!” Como pode resolver isso? “Eu não sei falar em público e executar minhas atividades” Qual a solução?

12. Gratidão – Perceba as coisas boas ao seu redor. Quais são as coisas que fazem você se sentir feliz? Quem ama você? Quem você ama? Pelo que você é orgulhosa(o)? Não existe ação mais humilde do que ser grato pelo que você tem e recebe. É algo positivo e gratificante, que melhora sua percepção com o mundo e com você mesmo. Acredite na importância da gratidão.

13. Exercício. Repetitivo e clichê, porém necessário. Atividade física é incrível para nosso corpo e para nossa mente. Teste e veja os benefícios em sua confiança.

Para superar definitivamente os seus receios, e, finalmente perseguir os seus sonhos, é imprescindível desenvolver a autoconfiança.

Os receios e dúvidas sempre existirão. Entretanto, para vencê-los, basta ultrapassar o medo. Faça isso e mais sucesso terá. Será difícil ter disponibilidade para os seus planos e sonhos se não acreditar em si e nos próprios sonhos que se tem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *