Hinode – 1

Atração, amor e Carnaval

Por Carla Ribeiro

O amor pode ter início no Carnaval

O amor pode ter início no Carnaval

Mês de fevereiro, Carnaval acontecendo, pessoas alegres e muita diversão.

Pessoas em busca de alguns dias de liberdade para fazerem o que vem a cabeça. Novos encontros, sexo casual e porque não encontrar um grande amor. Amor de Carnaval, poucos acreditam,  mas pode acontecer.

As pessoas se atraem, primeiramente, pela aparência. É a primeira impressão que se tem para uma atração física.

A “química” que desperta o interesse entre as pessoas está diretamente ligada aos hormônios. Entretanto, a química sexual desperta o desejo sexual, mas pode não despertar o amor.

O Amor, o desejo, o romance, a atração sexual são reações químicas desencadeadas pelo cérebro.  É um misto de substâncias químicas liberados no sangue pelo cérebro que estimula a produção de hormônios, principalmente, a testosterona e o estrogênio. A testosterona é o hormônio responsável pela libido. A partir daí, o corpo responde aos estímulos externos.

A atração sexual ainda requer muitas descobertas. Mas está bastante pautada no olfato.  A escolha do parceiro pelo cheiro tem uma influência hormonal. O cheiro tem um lugar de destaque na atração sexual.

O que faz cada um se sentir bem ao lado do outro é o cheiro. E claro, é o cheiro natural de cada pessoa que atrai a outra. Se o cheiro natural da pessoa é agradável, a atração sexual pode estar firmada.

Então, aproveite os dias de folia. O amor pode ter início no Carnaval. Chegar inesperadamente e não acabar na quarta-feira de cinzas. E se tornar duradouro. Se a oportunidade surgir, aproveite a festa ao lado do seu novo amor.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *