Uninter – 1

Dicas financeiras para 2017

Por Robson Profeta

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Algumas dicas financeiras são muito importantes para iniciarmos uma nova vida no ano que entra. Abaixo algumas dicas práticas que podem se tornar ações rápidas, e outras que irão requerer um pouco mais de atenção e mexer com algo mais profundo dentro de nós. A mudança de crenças e comportamentos.

Investimento na Poupança – Porque investir na poupança se ela é uma das aplicações financeiras com um dos piores rendimentos? Caso a resposta seja “Porque é mais simples e mais seguro”, acredite, o mercado oferece outras opções tão seguras e fáceis quanto e que remuneram melhor, por exemplo, “Tesouro Selic”.

Gastos desnecessários – Você está usando um plano de celular acima do que realmente precisa. A televisão a cabo que você contratou, você realmente assiste ou paga apenas para assistir novela, que está na teve aberta e uns dois filmes por mês? O seu banco te cobra tarifa? Você chegou a pesquisar se outro banco cobra tarifa menor ou mesmo te isenta de tarifas bancárias? Você utiliza seu carro com a frequência que justifique o IPVA, o seguro e a manutenção que gasta por ano? Se apenas dois ou três itens desses forem avaliados com a devida atenção e que você “arrume tempo” e se comprometa em aplicar estas economias todo mês, terá um resultado surpreendente ao final de um ano. Se fizer esta projeção para 10 anos por exemplo, teria comprado um novo carro apenas com suas economias.

Compras antecipadas/ prorrogadas – Faça uma cotação de viagem para um local daqui a 30 dias e para outro local muito mais interessante legal daqui a seis meses e surpreenda-se com os resultados. Cote a compra de um ar condicionado agora no verão e cote-o novamente no inverno. Aliás, se você decidir viajar para o exterior, vai encontrar roupas de inverno em promoção e muito mais baratas e, quando voltar para cá, estará em pleno inverno.

Meta financeira – Saber o quanto quer economizar neste ano e o porquê quer economizar é importantíssimo. Quando não definimos uma meta clara, acabamos por não nos comprometermos com a economia e o ano termina da mesma forma que os anteriores, ou seja, da mesma forma.

Consumismo/ego – A falta de clareza e comprometimento com nossa meta financeira é um dos agentes que nos faz continuar gastando com itens supérfluos. O consumismo está ai em nossa sociedade em absolutamente tudo. Devemos avaliar onde gastamos nossos recursos e se realmente são gastos necessários. Muitas vezes gastamos para agradar a sociedade e mostrar nosso sucesso ao mundo ao invés de aplicarmos em nossas metas financeiras.

Compre bons ativos – Bom ativo é aquilo que lhe gera renda e não despesa adicional. Se comprar uma casa ou um carro maior saiba que terá gastos adicionais. Agora se comprar um segundo apartamento menor e colocá-lo para alugar ou mesmo se aplicar este valor, terá uma renda extra que exponencialmente irá facilitar sua independência financeira.

Juros e Renda – Não pague juros para bancos ou estabelecimentos comerciais. Pense nisto. Quando estamos parcelando algo, estamos pagando juros e enriquecendo alguém. Mude sua perspectiva. Seja você o cobrador de juros. Como mencionado no tópico anterior, compre ativos que geram renda.

Dinheiro não é pecado – Não é pecado ser rico e ter sucesso na vida. Pecado é não respeitar o próximo, é falar da vida alheia, é desrespeitar crenças, raças ou escolhas individuais, isto sim é pecado. Quem pragueja contra a riqueza e sucesso talvez seja pelo fato de não ter tido a coragem de se levantar e fazer as coisas acontecerem. Os que têm sucesso lutam, sofrem, erram, recebem vários “nãos”, mas não desistem e são merecedores dos frutos, pois a plantação e a colheita foram difíceis e de longo prazo e, falando nisto…

Mantra do Longo Prazo – Sucesso financeiro, realização pessoal e profissional diferentemente do que nosso cérebro deseja, é algo que dá certo trabalho e seus resultados costumam aparecer em longo prazo. Não leia este texto acreditando que em dois meses ficará rico. As matérias que falam sobre milagres de curto prazo, dietas milagrosas, enriqueça em pouco tempo, são matérias feitas para vender aos nosso cérebros que querem pouco trabalho e resultados imediatos. As pessoas de sucesso pessoal, profissional e financeiro sabem que o fruto que se come, é precedido pela árvore, que antes era semente e que antes era apenas um terreno que precisava ser preparado.

Resultados diferentes acontecem para os que agem diferente. Um excelente ano!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *