Uninter – 1

Escolha se amar em 2017: Você está jogando o jogo da sua vida?

Por Katia Nascimento

 

tenha um espetacular

Com certeza, com a proximidade do final do ano, você já deve ter feito a analise das metas estipuladas no dia 1ª de Janeiro, e deve ter chegado à constatação que muitas delas, continuam intactas na primeira folhinha da agenda do ano que já esta quase no fim.

E você deve se perguntar:

Por que não consigo cumprir as metas que estabeleço?

Por que sempre deixo para depois os planos traçados para o novo ano? O que devo fazer para atingir os meus objetivos?

Será que consigo entrar em 2017 focado em novas realizações, com novos planos, novas metas, mas acima de tudo isso, será que consigo cumprir e tirar do papel todos esses planos?

 

Eu quero que você se pergunte:

Qual será a próxima meta a cumprir?

Qual será o novo sonho a realizar?

Quais os novos objetivos que terá em sua vida pessoal e profissional?

 

Sabe, uma coisa eu aprendi e reforço cada vez mais nesta minha jornada como coach. Se você não sabe para onde quer ir, qualquer lugar serve. Se você não traça seus planos para realizar seus sonhos, com certeza você está trabalhando em prol dos sonhos de outra pessoa.

Este texto é, sim, uma provocação, um convite a te fazer pensar na sua vida. O que você tem feito com ela? O que tem realizado? Você passa pelos anos, ou os anos passam por você?

Ei, tá na hora de tomar as rédeas da sua vida, não acha?

Se você já as tem, eu te aplaudo de pé por isto, pois não é fácil. É simples, mas não é fácil.

Tornar a vida pelas próprias mãos é uma tarefa que exige coragem. Mesmo com medo sabe? Coragem, não é ausência do medo. Mas agir apesar do medo. Olhar a vida nos olhos e falar para ela: Ei minha filha, você pertence a mim e não eu a você. Quem comanda o jogo da minha vida sou eu. E ponto.

Não é fácil. Não é mesmo!

Afinal temos tanta bagagem de vida e informações que nos moldaram até hoje que fica difícil saber o que é realmente seu, e o que é da educação que você recebeu.

Durante toda a vida, nós vamos recebendo doutrinações sobre o que devemos pensar e agir. Do que devemos sentir ou não medo e até mesmo o que devemos ou não fazer. Não é verdade?

Descobrir quem é você na essência e se libertar das algemas que o mundo te colocou é muito, mais muito difícil mesmo.

E nesta primeira coluna da editoria “Escolha se amar”, é este o convite que eu faço a você: ESCOLHA SE AMAR.

Quando isto realmente acontecer, você vai aprender a se respeitar mais, vai querer se conhecer melhor, saber o que você gosta ou não gosta, o que funciona ou não para você e como você deseja seguir a tua vida daqui por diante. Vai respeitar e honrar os seus sonhos e desejos e lutar com unhas e dentes por eles. Ahhhh, será uma viagem linda! Uma viagem para dentro de você. Mas quero te alertar que nem sempre serão caminhos em linha reta ou sem ladeiras a subir. Muitas vezes você irá se cansar, e pode até sentir algumas dores. Não há promessa de que será fácil. Mas será a jornada mais incrível que fará, pois é o seu próprio tabuleiro. Você estará jogando o seu jogo e não o jogo de outra pessoa.

Cabe a você agora tomar a decisão e seguir firme no jogo da sua vida.

Pense nisto, e me conte o que resolveu. Vou amar saber.

Imagem1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *