IAPP – 1

Zanetti é superado por rival e fica com a medalha de prata

Por Edir Lima

Foto: RicardoBufolin/ CBG

Foto: RicardoBufolin/ CBG

O ginasta brasileiro Arthur Zanetti conquistou a medalha de prata nessa segunda-feira (15) na final da prova de argolas. O atleta alcançou nota 15.766 e ficou atrás apenas do grego Eleftherios Petrounias, atual campeão mundial, que fechou a série com nota 16.000. O bronze ficou com o russo Denis Abliazin, que pontuou 15.700.

“Essa medalha tem gosto especial por ser em casa, pelo tanto que trabalhei. O problema de muita gente é só julgar o ouro. Estar em uma final já é grande coisa. Vocês não sabem o que eu passei para estar aqui e ganhar essa medalha. Veio a prata, estou muto feliz. Acho que é um resultado incrível. Vai ficar na minha memória”, disse Zanetti.

Arthur Zanetti, 26 anos, foi campeão olímpico nas argolas nos Jogos de Londres, em 2012. O brasileiro coleciona ainda três pódios mundiais: um ouro, em 2013, e duas pratas, em 2011 e 2014.

“É momento. Se daqui a uma hora colocar para competir, o resultado vai ser diferente dos oito finalistas. No momento, o grego foi o melhor. Ele mereceu a vitória, está em uma fase muito boa como atleta. Ele veio para disputar o ouro, como o chinês (Yang Liu) também, que acabou errando a saída e ficando fora. A saída determina muita coisa. Se não acertar, vai para o fim da fila. Achava que eles dois e o Arthur disputariam o primeiro lugar”, disse Marcos Goto, técnico Zanetti.

Com a segunda colocação de Zanetti, o Brasil consegue a terceira medalha. As outras duas foram conquistadas por Felipe Wu, no tiro esportivo, e Diego Hypólito, na ginástica artística.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *