Salto Fino 1

Não tenha medo de cair, mas trabalhe para cair de pé

Por Katia Nascimento

000_ER76O-1024x693

Em sua terceira Olimpíada, Diego Hypolito ganhou uma medalha Olímpica, de prata, com gostinho de Ouro!

Foi lindo e emocionante de se ver. Esta medalha tem o peso de Ouro, sim!

Ele deixou de lado os insucessos em Pequim e Londres, onde caiu nas duas vezes. Ficou deprimido, foi abandonado pelas pessoas que só gostam dos ídolos quando este está por cima. Entretanto, muitas pessoas também impulsionaram e o colocaram para cima. E como ele mesmo disse em sua entrevista “O nosso povo é muito carente de ídolos, de resultados […]”. Ele caiu, sim, minha gente, mas desta vez, ele caiu de pé! Lindamente de pé. E ainda completa sua fala coaching do dia: “[…] Nunca deixe que digam até onde vai o seu sonho. Se nós trabalharmos, temos a possibilidade de chegar em um resultado que sonhamos […]”.

E eu venho ressaltar cada palavra. Muitas vezes a gente cai de “bunda”, de “cara” no chão da vida e cabe a nós termos ouvidos para as pessoas que nos impulsionam e para nossa própria voz que grita dentro de nós dizendo que vamos conseguir, basta treinarmos forte, criando estratégias e dando o nosso melhor.

Quando fazemos a nossa parte, a coisa acontece. Pode não ser de primeira, nem de segunda, mas na terceira… ahh, na terceira, é medalha gente… É medalha.  Ninguém está garantindo que será fácil, que você não vai quebrar a cara algumas vezes, ou que talvez vai conseguir tudo o que quer. Não é mágica. É muito suor, muita luta, muita organização e estratégia. Algumas vezes precisamos de ajuda nesta condução.

Um treinador para direcionar o salto, ficar do lado na barra, colocar o apoio protetor do cavalo. Foi lindo o Diego agradecer ao seu treinador e sua psicóloga. A gratidão é uma atitude nobre e que apenas vencedores têm.

Portanto, se a gente trabalhar duro todos temos possibilidades de chegar onde quisermos, de realizarmos todos os nossos sonhos. Mas é importante quebrar as barreiras que a vida coloca e lutar de verdade pelos seus sonhos. Mas como eu posso começar a fazer isto?

Te devolvo com uma outra pergunta: O que o Diego sabia sem sombra de dúvidas? Que ele precisava fazer a melhor apresentação que ele pudesse para garantir ficar entre os melhores. O objetivo era um só: Conquistar uma medalha.

Portanto, o que determina você atingir os seus objetivos, é saber quais ou qual é este objetivo. Como disse o Coelho ou o gato (não me recordo agora) do filme Alice no país das Maravilhas, “Se você não sabe aonde quer ir, qualquer lugar serve”.

Portanto, para onde você quer ir? Qual é o seu objetivo? Quero apenas ressaltar que um objetivo para ser um objetivo deve ser específico, mensurável, alcançável, relevante para você e precisa ter um tempo definido.

Não desista dos seus Sonhos!Se eu consegui, você consegue.

Exemplo: Conquistar medalha de ouro na ginástica em Tóquio em 2020. Pronto. Objetivo traçado, agora é criar as estratégias para alcançar este objetivo.

É assim para qualquer objetivo na vida. A partir deste, você traça o passo a passo do que precisa ser feito para alcançá-lo. Muitas vezes, você precisa treinar habilidades novas, melhorar algumas abordagens, aumentar o grau de dificuldade da vida, aumentar sua autoestima, autoconfiança e a imagem que você tem sobre si mesmo. Além disto, vai buscar as parcerias certas, fazer medições periódicas e caso veja que o barco está indo em outra direção, você ajusta a rota e segue em frente. O importante é não desistir. É seguir em frente e dar ouvidos apenas a quem acredita em você.

Uma atenção especial deve-se dar àquelas pessoas que nos amam e por proteção tentam nos desanimar dizendo que é difícil demais, que não vamos conseguir, que estamos perdendo tempo. Mas se você amar o seu objetivo com todo o seu coração, se o que você quer é tão forte que vale pular com o ligamento do joelho lesionado. Pule! Se joga! O sabor da vitória é bem mais interessante que o da derrota. “[…] Nunca deixe que digam até onde vai o seu sonho. Se nós trabalharmos, temos a possibilidade de chegar a um resultado que sonhamos […]”.

Imagem1

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *