Chelle Oliveira 1

Realize os seus planos antes que o ano termine

Por Katia Nascimento

jornal 01

 

O mundo está uma loucura… Uma correria sem fim, com informações cada vez mais rápidas nos atropelando o tempo todo e complicando a manutenção da disciplina para realização dos nossos planos.

Entretanto, se quisermos crescer pessoal ou profissionalmente devemos quebrar as regras e pensar de forma inovadora. E esta é a hora… Já estamos no segundo semestre e o que você fez em prol da concretização dos seus planos de “ano novo”?

O tempo está cada vez mais escasso e, desta forma, é necessária a utilização mais eficaz deste recurso. Com a globalização e seus aparatos tecnológicos, temos a impressão que tudo está passando com uma agilidade fora do comum, além de termos diversos “ladrões de tempo”. Você sabe reconhecer quais são os seus ladrões?

Uma maneira eficaz de fazer este controle é anotar tudo o que vai fazer no dia e acompanhar esta lista para ver o seu cumprimento. Qualquer atividade que saia do seu “script”, deve ser anotada para que você consiga mapear o que “te tira da sua rota de ação”.

A partir da sua lista, organize-se: determine prazos, priorize, fuja das distrações (como redes sociais e mensagens). Desabilite no celular o aviso de mensagens destas redes e deixe um horário na parte da manhã e outro à tarde para verificar estas mensagens. Reserve um tempo para as atividades de rotina como: e-mails, facebook, conversar com colegas de trabalho. Não perca tempo com ligações, mantenha um roteiro do que precisa realmente falar. Deixe conversas pessoais para os seus momentos sociais.

É muito importante que se faça intervalos constantes, pois somos seres biológicos e necessitamos de uma pausa a fim de que nosso cérebro possa se organizar, ligar aos fatos da nossa emoção e processar tudo em aprendizado.

Nós dedicamos tempo a tudo, não é verdade? Que tal você retirar um tempinho para pensar em você?

A mudança pessoal é um processo no qual vamos substituir determinados comportamentos e atitudes por outros. O fato é que precisamos de ter vontade e sem ela é impossível qualquer mudança, entretanto, tudo está na mente. E é o que está na nossa mente que determina como vamos proceder e o quanto de vontade iremos ter. Quando criança, somos uma esponja, aprendemos tudo e repetimos, fixando o padrão aprendido no nosso cérebro. Estes hábitos cultivados vão criando “histórias” na nossa mente e desenvolvendo discursos internos que são as crenças, que podem nos limitar ou nos fortalecer. Se a pessoa acredita que ela não merece realizar o que planejou, ou que não é boa o bastante para ter o corpo que ela deseja, ou tem uma imagem distorcida de si mesma, nada a fará mudar.

É muito importante formular planos de ação para que suas metas sejam alcançadas. Dar um passo de cada vez para que você não desanime no meio do caminho e mantenha expectativas realistas. Você determinou seus objetivos corretamente no início do ano? Não? Então, a hora é agora!

Faça uma lista de seus sonhos. Coloque tudo que deseja nos quatro quadrantes da sua vida: Pessoal, Familiar, Trabalho e Dinheiro. Coloque tudo sem ter medo, liste todos os seus desejos até os mais íntimos, aqueles sonhos que estão escondidos desde a infância e você os deixou “morrer”.

Agora verifique cada sonho, através da metodologia “SMART”. Smart em inglês que dizer esperto, então seu sonho para se transformar em um objetivo deve ser esperto, portanto, S – Específico, M – mensurável, A – alcançável, R – relevante e com T – tempo definido, ou seja, determinar uma data para alcançar. Se o seu sonho for muito vago, tente o deixar o mais específico possível, por exemplo, comprar uma casa na praia x. Estes objetivos devem ter uma razão pessoal, precisam ser tratados com emoção, é daí que vem a relevância. Através da motivação certa você realmente será impulsionado para a ação.

A partir da concepção de fazer, de se colocar em ação desde o primeiro momento, é necessário que você crie um sistema eficiente para monitorar o cumprimento das suas metas. Determine questões palpáveis para indicar que esteja chegando mais próximo do seu objetivo. Como? No seu plano de ação, crie objetivos menores para serem alcançados a fim de lhe aproximar do objetivo real. E comemore cada vez que você estiver mais perto.

Mas a emoção também pode gerar pontos negativos. É necessário que você controle seus impulsos, saiba ficar em silêncio quando necessário. Escutar mais e falar menos. Não agir por impulso na hora das compras, pois as finanças podem deixar sua vida muito descontrolada. Por isso, pense nas consequências, tendo consciência de suas fortalezas e suas fraquezas.

A maneira que você faz uma coisa é como você faz todas as outras coisas, então se você reage de maneira intempestiva em uma situação, provavelmente é assim que reage com a comida e pode estar “descontando” nela, bem como em seus relacionamentos interpessoais, nas negociações, etc.

É claro que mudanças definitivas requerem avaliações periódicas de nossas escolhas e se estas estão nos levando em direção aos nossos planos. Bom, agora você já tem um caminho para retomar em direção aos seus planos.  Um passo de cada vez… mas é preciso caminhar.

Vamos juntos?

Folha01

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *