Hinode – 1

Número de vítimas de terremoto em Taiwan sobe para 38

Por Edir Lima

Foto Ministério da Defesa de Taiwan

Foto Ministério da Defesa de Taiwan

 

O número de mortes confirmadas após um terremoto ocorrido no fim de semana em Taiwan subiu para 38. Mas estima-se que o número final seja muito maior porque há mais de uma centena de pessoas desaparecidas. O presidente Tsai Ing-wen visitou vítimas em Tainan, nesta segunda-feira (8) pela manhã, dizendo que os esforços de resgate vão continuar, segundo um relatório da Agência Central de Notícias.

A procura por sobreviventes por meio dos escombros dos edifícios que desabaram no sul da cidade de Tainan, lar de fornecedores para a fabricação de chips para empresas como a Apple Inc., foi prejudicada pela suspensão do uso de maquinaria pesada. A medida foi tomada para garantir segurança nas buscas por sobreviventes.

Uma garota de oito anos e sua tia foram resgatadas com vida, nesta segunda-feira, após ficarem mais de 60 horas sob os escombros de um prédio de 17 andares que desabou durante o terremoto. A menina, identificada como Lin Su-Chin, estava consciente e foi levada para o hospital, segundo redes de TV locais. Sua tia, Chen Mei-jih, foi resgatada logo de

O abalo deixou mais de 500 feridos e as autoridades estimam que cerca de 120 pessoas estejam ainda sob os escombros dos edifícios que desmoronaram total ou parcialmente.

Cerca de 800 militares foram mobilizados para ajudar a encontrar e resgatar sobreviventes do terremoto de magnitude 6,4 graus na Escala Richter. Taiwan está próxima de duas placas tectônicas e é atingida com regularidade por abalos sísmicos.

Em junho de 2013, um abalo com magnitude 6,3 atingiu o centro da ilha e provocou quatro mortes e deslizes de terra generalizados. Em setembro de 1999, um abalo de magnitude 7,6 levou à morte cerca de 2,4 mil pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *