Uninter – 1

Arquitetura para o Carnaval

Por Tamyres Ribeiro

sambodromo_rio_2016_-_gabriel_santos_1

Fevereiro, chegou! O mês da folia, o mês da purpurina, o mês em que o Brasil inteiro para e vivencia quatro dias intensos de pura energia. O carnaval é a festa cultural que mais mobiliza pessoas em prol da criatividade, elas se envolvem com os temas das fantasias e se superam a cada ano. O Rio de Janeiro possui uma das festas mais bonitas do país, tanto com os seus blocos pelas ruas que carregam multidões quanto pela Passarela Professor Darcy Ribeiro, popularmente conhecida como Sambódromo, com os desfiles das Escolas de Samba.

Voltando a  alguns anos  atrás, podíamos ver  todas as majestosas Escolas de Samba desfilando pela Avenida Marquês de Sapucaí, onde  estruturas  eram montadas e desmontadas todos os anos, ou seja, o conjunto arquitetônico composto por uma passarela e um espaço para a dispersão das agremiações, chamado Sambódromo, não existia. Mas, era obvio que a festa mais popular do Brasil iria ter a sua própria Arquitetura e mais obvio ainda que seria projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer (1907-2012). Alguém tinha alguma dúvida sobre isso?Brincadeiras à parte, é o espírito do carnaval chegando!

Picture 9

A iniciativa do projeto foi do antropólogo Darcy Ribeiro (1922-1997) que naquela época era vice do governador Brizola (1922-2004), ele tinha como objetivo investir em projetos culturais e educacionais. Foi desenhado pelo arquiteto Oscar Niemeyer e construído em tempo recorde de apenas 4 meses para ser inaugurado no carnaval de 1984. O conjunto arquitetônico tem como base estrutural o  aço e o concreto,  é composto por salas de aula projetadas embaixo das arquibancadas,  incentivando  a educação, por uma  passarela que percorre toda a Avenida possuindo cerca de 700 metros de comprimento, por  um  grande largo denominado  Praça da Apoteose (local onde acontece a dispersão das agremiações) e pelo  Museu do Samba que finaliza o conjunto com um palco em balanço coberto por uma fantástica escultura refletindo uma enorme leveza desenhada pelo arquiteto Niemeyer.

53149a89c07a801bf800007e_samb-dromo-de-rio-de-janeiro-pasarela-profesor-darcy-ribeiro-oscar-niemeyer_1329492821_casa_jardim-528x336Samb.Oscar (7)

Vinte e sete anos após a construção, o conjunto arquitetônico recebeu uma reforma para receber os Jogos Olímpicos de 2016. O arquiteto não só autorizou como também projetou a nova cara da Avenida. A inauguração aconteceu em 2012 com um circuito de corrida em que todos estavam fantasiados e com a presença do grande Oscar Niemeyer.

Portanto, o que seria dos desfiles das Escolas de Samba sem o seu conjunto arquitetônico? O que seria do Carnaval sem a Arquitetura?

 

Visite:

Museu do Samba: entrada gratuita, horário de funcionamento é de 11h às 17h de terça a domingo.

Acompanhe o instagram  @pelaarquitetura, por Tamyres Ribeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *