FBIE – Topo

Prass brilha e Palmeiras é campeão da Copa do Brasil

Por Edir Lima

Em jogo eletrizante, o Palmeiras conquistou o tricampeonato da Copa do Brasil após vencer o Santos no tempo normal e nas penalidades. Depois do 2 a 1 nos 90 minutos da decisão, com dois gols de Dudu e um de Ricardo Oliveira, os times decidiram o título nos pênaltis, com vitória alviverde por 4 a 3. O goleiro Fernando Prass brilhou novamente ao pegar um pênalti de Gustavo Henrique e marcar a última cobrança. Marquinhos Gabriel e Rafael Marques também perderam suas cobranças.

Santos e Palmeiras repetiram a final do Campeonato Paulista deste ano, quando os dois times decidiram o Estadual nos pênaltis.

O jogo começou em velocidade, com os dois times buscando o ataque em jogadas envolventes. Logo aos 5 segundos, Arouca toca, Barrios desvia e coloca Gabriel Jesus na cara do gol. O atacante chuta e o goleiro do Santos salva com os pés.  A resposta veio aos 5 minutos: Gabriel Jesus chuta em cima de Victor Ferraz.

Aos 7 minutos,  Zeca faz linda jogada pela esquerda e toca para Marquinhos Gabriel, que para em grande defesa de Fernando Prass. No rebote, Victor Ferraz chuta de dentro da área e carimba a trave palmeirense. O Palmeiras aproveita a pressão para arriscar mais em gol, enquanto o Santos tem dificuldade para segurar a bola no ataque.

Aos 27, Robinho cruza da direita, a bola toca no gramado e sobra para Barrios. O centroavante desvia de cabeça, e o goleiro do Santos faz uma linda defesa para evitar o primeiro gol do Palmeiras.

O início do segundo tempo não ficou atrás em jogadas emocionantes. No primeiro minuto, Zé Roberto dispara pela esquerda, mas chuta cruzado e errado. Aos 11, Lucas Barrios toca para Robinho na área. O meio-campista estica para Dudu, em condição legal, para apenas desviar às redes de Vanderlei. O Palmeiras abre o placar na Arena.

Aos 39, Robinho cobra a falta em jogada ensaiada, e Vitor Hugo desvia de cabeça para o meio da área. A bola passa por três defensores do Santos e sobra para Dudu empurrar para as redes para o segundo gol.

Aos 41, Marquinhos Gabriel cobra o escanteio, Werley desvia de calcanhar e a bola sobra livre para Ricardo Oliveira na entrada da pequena área. Ele bate forte e diminui para o Santos.

O jogo foi para os pênaltis e Fernando Prass brilhou. O Santos perdeu dois e o Palmeiras, um pênalti. Verdão campeão.

FICHA TÉCNICA
 
PALMEIRAS 2 x 2 SANTOS

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)

Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse (ambos de SP)

Gol: Dudu aos 11 e aos 39 minutos do segundo tempo (Palmeiras); Ricardo Oliveira aos 41 minutos do segundo tempo (Santos)

Cartões amarelos: Gabriel (Santos); Matheus Sales, João Pedro e Dudu (Palmeiras)

PALMEIRAS: Fernando Prass, João Pedro, Jackson, Vitor Hugo e Zé Roberto; Matheus Sales, Arouca, Dudu, Robinho e Gabriel Jesus (Rafael Marques); Barrios (Cristaldo). Técnico: Marcelo Oliveira.

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz (werley), Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia (Paulo Ricardo), Renato e Lucas Lima; Gabriel (Geuvânio), Ricardo Oliveira e Marquinhos Gabriel. Técnico: Dorival Júnior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *