Uninter – 1

Mais de 3 mil dermatologistas participam de mutirão contra o câncer de pele

Por Edir Lima

Mutirão para diagnosticar câncer de pele é realizado em  hospitais públicos credenciados, postos de saúde e tendas montadas em pontos de grande circulação

Mutirão para diagnosticar câncer de pele é realizado em hospitais públicos credenciados, postos de saúde e tendas montadas em pontos de grande circulação

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) promove, nesse sábado (7), um mutirão em 23 estados para diagnosticar casos de câncer de pele. A ação vai reunir mais de três mil dermatologistas voluntários em mais de 120 postos de atendimento no país. Os especialistas vão fazer consultas para análise, diagnóstico e posterior tratamento da doença. A ação começou às 9h e vai até as 15h, em hospitais públicos credenciados, postos de saúde e tendas montadas em pontos de grande circulação.

Nos postos de saúde, também estão previstas atividades educativas, como aulas expositivas sobre fotoproteção e sobre como identificar sinais do câncer da pele. Segundo a SBD, o câncer de pele é o mais comum entre os brasileiros e correspondendo a 25% do total de câncer.

O médico dermatologista Pedro Zancanaro diz que o diagnóstico precoce aumenta as chances de cura. “Se diagnosticado precocimente, ele pode ser curado com uma simples cirurgia, muitas vezes feita no próprio local do diagnóstico”, afirmou.

A relação completa dos locais onde haverá o mutirão pode ser consultada no site da SBD. As informações também podem ser obtidas pelo telefone 0800 707 7343. É necessário informar o CEP da residência. A ligação é gratuita.

com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *