Uninter – 1

10 passos para planejar uma viagem perfeita (Parte 2 de 2)

Por Carol Pires

Conforme prometido na semana passada, aqui vão os 5 últimos passos para organizar a viagem dos seus sonhos!

PASSO 6: ROTEIRO E PASSEIOS

Se você seguiu direitinho todos os passos anteriores, tenho uma ótima notícia para lhe dar: você chegou na parte mais divertida da organização de qualquer viagem! Sim, é a hora de pesquisar sobre os pontos turísticos e sobre os demais lugares que você deseja conhecer. Corra atrás do maior número possível de informações. Só para ajudar nessa busca por esclarecimento, cabe uma constatação feita por experiência própria: as dúvidas mais prováveis de surgir à mente de qualquer viajante dizem respeito aos horários de funcionamento do local que se quer visitar, aos trajes adequados exigidos no ambiente, aos preços e descontos ali praticados e às melhores datas de visita. Questões de deslocamento e locomoção também devem sempre ser levadas em conta.

Muitas atrações têm vendas de ingressos em seus sites. Os preços ficam mais em conta comprando online com antecedência, além de essa estratégia propiciar que filas imensas sejam evitadas. Acredito que o que você menos quer em uma viagem é perder horas e horas em pé esperando para comprar ingresso e depois ainda ter que ficar na fila por mais um tempão, tudo para poder entrar na atração em si. Então fuja que é cilada! Se houver a opção de garantir as entradas de forma virtual, faça isso! Mas cuidado para só efetuar as compras em sites oficiais. Dica importante!

É essencial esboçar as atividades que pretende fazer e pesquisar sobre as formas de locomoção ao destino. Montar um roteiro sempre ajuda. Dessa forma, você não vai ter aquela sensação de não saber o que escolher em meio a uma infinidade de atrações que lhe chamam de modo quase irresistível. O excesso de escolhas faz com que você se enrole e volte da viagem se esquecendo de ter ido a vários lugares. Faça uma lista de possíveis rotas e do que fazer; no entanto, planeje itinerários relativamente flexíveis. Assim, você pode voltar aos seus lugares favoritos ou mudar de ideia, por exemplo, devido a questões climáticas. Ou simplesmente mudar de ideia sem motivo algum. Quem nunca?

PASSO 7: SEGURO SAÚDE

Muitas pessoas pensam que, por serem saudáveis, não precisam se preocupar com a contratação de um seguro saúde. Ledo engano, meu bem! Considerando que alguns países implacavelmente o exigem, o seguro saúde torna-se muito mais do que apenas uma garantia médica caso algo de mau te aconteça. Ele te resguarda de muitos problemas que possam vir a acontecer, como casos de roubo, de cancelamento de voo, de necessidade de retorno imediato ao país de origem, entre outros perrengues.

Eu torço para que vocês nunca precisem usar o seguro, mas acho que não há economia de dinheiro que justifique uma viagem feita sem tranquilidade e sem a certeza de que haverá suporte na hipótese de algum problema. Imprevistos acontecem e devemos sempre estar preparados.

PASSO 8: LIGUE PARA O SEU BANCO

Ligue e informe que você irá viajar. Isso evita que seu cartão de crédito seja bloqueado, independentemente do tempo que você permaneça fora do território nacional. Não há nada mais desagradável do que ficar ligando para o banco em plenas férias, tudo para resolver um problema que poderia ter sido facilmente contornado se solucionado antecipadamente.

PASSO 9: FAZENDO AS MALAS

O grande dia chegou! Hora de fazer as malas! Tenha sempre em mente o tempo e as condições climáticas, bem como se há programas que exigem algum tipo de vestuário especial (igrejas e templos em geral às vezes solicitam o uso de trajes específicos, por exemplo).

Não esqueça o adaptador! Em todas as minhas viagens, tem sempre alguém que fica desesperado com o fim da bateria do celular. Então, se você não quer ficar sem postar as suas fotinhas marotas nas redes sociais, coloque um adaptador universal na mala que essa preocupação estará mais do que resolvida.

PASSO 10: APROVEITE A SUA VIAGEM

Chegue no aeroporto sempre com três horas de antecedência e não esqueça: passaporte, passagens, seguro saúde, dinheiro, reservas de hotel, ingressos já comprados, possíveis comprovantes de aluguel de carro e (ufa!) o seu roteiro impresso.

A dica final é sempre fazer cópias de todos os documentos que você for levar.

Reprodução Internet

Agora é só relaxar e se divertir.

Espero que tenham uma excelente viagem!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *