FBIE – Topo

Entre a crise e a esperança

Por Pedro Bedran

Foto:  Reprodução/Internet

Foto: Reprodução/Internet


Clubes cariocas tentam vencer a crise do futebol brasileiro e buscam um melhor lugar ao Sol.

O futebol carioca continua vivendo, em sua maior parte, momentos de crise. Isso se deve muito ao que vem ocorrendo com o futebol brasileiro, com problemas de gestão, corrupção, escândalos e até um certo descaso, quase um abandono. Uma grande prova disso certamente foi o fatídico 7 a 1 da Alemanha sobre a nossa seleção, válido pela Copa do Mundo de 2014. Mesmo assim, os clubes tentam respirar, tentando dar a volta por cima e regressar aos velhos tempos. Vamos a uma breve análise dos quatro grandes clubes do Rio de janeiro.

O Flamengo vem brigando no meio da tabela no Campeonato Brasileiro. Com uma diretoria séria, que sempre teve como meta sanar as dívidas do clube, conseguiu um certo equilíbrio nas finanças, o que possibilitou as contratações de Emerson Sheik, que regressou ao clube e Paolo Guerreiro, ídolo peruano, que assim como Sheik, estava no Corinthians. Essa dupla de atacantes foi responsável pelo melhor momento da história do Timão, com as conquistas da Libertadores e do Mundial de Clubes de 2012. Com esses jogadores, o Flamengo conseguiu se fortalecer um pouco, para quem sabe, tentar alçar voos mais altos no Brasileirão, ou até mesmo beliscar outra Copa do Brasil, como fez em 2013, num ano que ninguém imaginava que o rubro-negro pudesse conquistar um título nacional na temporada.

Já o Vasco, esse parece viver num calvário sem fim no Campeonato Brasileiro. Veio da série b ano passado, com uma campanha mediana, ficando em terceiro lugar, sem fazer muito esforço. Com um time bem limitado, conquistou o Campeonato Carioca de 2015, torneio que foi polêmico e muito contestado, principalmente por Flamengo e Fluminense. O motivo? A volta de Eurico Miranda como Presidente do cruz-maltino e suas declarações, de que o respeito havia voltado e o Vasco se sagraria campeão carioca. Polêmicas à parte, o Vasco agoniza na zona de rebaixamento, com um dos piores inícios de um clube num Brasileirão de pontos corridos. Está também nas oitavas de final da Copa do Brasil. O time continua limitado, mas quem sabe a força da camisa e a tradição do time da Colina Histórica não façam com que haja uma volta por cima? Aguardemos.

O Fluminense segue como o melhor clube carioca no Campeonato Brasileiro. Desde o início da competição, briga lá na parte de cima da tabela. Tem o melhor elenco dentre os quatro times, seguindo em busca do pentacampeonato brasileiro. Além disso, a recente contratação de Ronaldinho Gaúcho agitou não apenas o clube, mas o todo o futebol brasileiro. Se vai dar certo? Não sabemos. Mas se ele realmente quiser jogar sério, focado, tem tudo pra dar. O que pode dar errado? Sua vida boêmia. Além do Brasileirão, Fred e cia tentam também o título da Copa do Brasil, torneio que o Flu estreia nas oitavas de final.

Fechando a análise, falemos do Botafogo. O clube luta para voltar à elite do futebol. É líder da série b, conseguiu chegar à final do Carioca, mas vive um momento um pouco complicado. Após ser eliminado pelo Figueirense na terceira fase da Copa do Brasil, demitiu o técnico Renê Simões, e busca não perder o foco no Campeonato Brasileiro, para não deixar a liderança escapar, e nem perder a chance do retorno à primeira divisão. Torçamos pelo alvinegro, pois necessitamos de um futebol carioca forte.

Nos resta então continuar na torcida, seguir acompanhando nossos clubes e, principalmente, crer que o futebol brasileiro dará a volta por cima e que o Maraca voltará a ter grandes públicos, grandes jogos e a rivalidade de outros tempos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *