Cinemark – 2

Os 5 Pilares da Alta Performance Empreendedora. Você possui todos?

Por Márcio Silveira

Esse é um dos meus tema favoritos. Como alguém pode entrar em estado de alta performance empreendedora? Listei os 5 pilares que na minha opinião são os principais.

1. AME o que faz! Se você não for realmente apaixonado pelo que faz, seu desempenho não será extraordinário. A paixão por seu trabalho lhe proverá a energia psíquica necessária para fazê-lo da melhor forma possível. É isso será um grande diferencial na qualidade de seu serviço/produto, no atendimento a seus clientes e em inovações. Notamos isso claramente em empreendedores de sucesso da atualidade. Caso não possua paixão pelo que faz, procure aprimorar suas habilidades neste trabalho e fazer o melhor que puder. Isso lhe dará a sensação de controle, pois serão escolhas suas, e não algo imposto.

2. Boa gestão do tempo/vida. Empreendedores de sucesso sabem como dividir bem o seu tempo, e, por isso, sentem que estão usando bem a sua vida, pois se dedicam às atividades corretas, da forma correta. Conseguem alcançar as metas em seus negócios pois houve um bom planejamento e execução. O bom planejamento evita urgências desnecessárias que só atrasam o desenvolvimento do seu negócio. Além disso, permite-lhes pensar e repensar o modelo e o posicionamento do negócio que exercem, analisar estratégias de marketing, inventar/remodelar serviços, fazer boas parcerias, enfim, adaptar-se às exigências de um mercado em constante mudança. Isso só pode ser feito se tiver tempo.

3. Trabalhe com foco nas HABILIDADES. Conheço muitas pessoas que tentam transformar seus defeitos em qualidades, e isto é um GRANDE erro. Se você é um ótimo comunicador, trabalhe com foco nisso, fazendo bons relacionamentos, sendo persuasivo em negociações, aprimorando suas técnicas de vendas, etc. O mesmo se aplica a outros que são altamente criativos, bons executores, bons organizadores e por aí vai. Apenas tenha o cuidado para não permitir que um ponto de melhoria atrapalhe suas qualidades. Por exemplo: De nada adianta ser um comunicador incrível se não existir um planejamento organizado e, consequentemente, uma boa execução. Não permita que seus defeitos estraguem suas boas qualidades; e não permita que o foco nas melhorias a serem feitas encurte o alcance de suas qualidades. Caso sinta muita dificuldade de sanar algumas deficiências, procure funcionários/parceiros que possuam habilidades necessárias para a execução das tarefas.

4. Tenha um bom MOTIVO. A palavra motivAÇÃO já diz tudo. Esse tópico exige profunda reflexão. Analise: O que move você? Qual foi força motriz por detrás das conquistas que já alcançou? Esta mesma força está presente nos empreendimentos atuais? Por que e por quem você deseja seguir em frente? Você acredita profundamente no que oferece?

5. Equilíbrio entre DESAFIO e HABILIDADE*. Se você se depara com um grande desafio, e sente que não possui habilidade suficiente para vencê-lo, entrará em estado de ansiedade, e isso atrapalhará a boa execução e o bom fluxo de ideias; caso possua um alto nível de habilidades para um desafio pequeno, entrará em um estado de relaxamento/tédio, que o tornará bem menos produtivo. Desafios e habilidades devem ser compatíveis, num nível médio/alto*. Desafie-se sempre, aprimorando constantemente suas principais habilidades.

Gostou do artigo? Comente qual dica preferiu! Até breve!
*Baseado em estudos de psicologia positiva de Mihaly Csikszentmihalyi.
Márcio Silveira é Coach de Negócios e Palestrante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *